NO FUTURO BEM PRÓXIMO, NINGUÉM VAI PRECISAR SAIR DE CASA PARA TRABALHAR

Trabalhar em casa, ao lado da esposa e filhos
Trabalhar em casa, ao lado da esposa e filhos

Está tudo informatizando. Aos poucos, os computadores de casa, os notebooks, os smartphones e os tablets estão fazendo o que, antes, só poderia ser feito in loco. Os bancos deram um passo importante ao instituir os caixas eletrônicos que reduzem as filas e permitem operações nos finais de semana a qualquer hora. Pela internet se paga contas. Compra-se de agulha a avião. Comprar passagens aéreas, antigamente, envolvia muito papel. Hoje, nenhum! Tudo pela internet.

Para muitas coisas, nem precisa sair de casa. Mas, as pessoas continuam saindo de casa para trabalhar nas repartições públicas, comércio, indústria. Os engarrafamentos nas grandes cidades pedem uma mudança no comportamento da população. O que fazer com tantos carros nas ruas? A solução está diante dos nossos olhos. É é preciso informatizar os serviços públicos, de modo que não se precise receber em casa o rapaz que vai medir o consumo de energia e deixar a conta. Tudo poderia ser interligado via internet, como são os telefones. Certas atribuições no serviço público poderiam ser feitas em casa. Metade dos servidores públicos poderia trabalhar em casa, desonerando o Estado. Já pensou na economia só com cafezinho?

Que se decrete o fim do papel. As redações de jornais não precisariam ser grandes, como muitos funcionários gastando energia, água, cafezinho, almoço e transporte. de casa mesmo, repórteres escreveriam suas reportagens e enviariam via e-mail para as enxutas redações, com no máximo o editor e um diagramador, dependendo do tamanho do jornal.

Os sites de notícias já são assim. A redação de um site pode ser na própria casa do editor. Os repórteres são contratados através das redes sociais. Tudo prático e rápido. Já pensaram no tanto de carros que deixariam de circular pela cidade? Economia de gasolina, redução da poluição. Ao contrário do que muita gente pode imaginar, não haveria desemprego em massa. Com o mundo globalizado, até criança de sete anos já sabe mexer num tablet. Teremos mais profissionais no mercado de trabalho e maior demanda por pessoas com conhecimento de internet. Trabalhar em casa, com uma estação de internet já é uma realidade em alguns países desenvolvidos.  Cada vez mais a população caminha para trabalhar em casa, no Home Office, no conforto do lar, ao lado da esposa e filhos. Este é o futuro, bem mais próximo do que se imagina.

Roberto Kuppê

+RO

Facebook Comments