Genus vai enfrentar a Ponte Preta-SP na 2ª fase. Foto: Alexandre Almeida
Genus vai enfrentar a Ponte Preta-SP na 2ª fase. Foto: Alexandre Almeida
Genus vai enfrentar a Ponte Preta-SP na 2ª fase. Foto: Alexandre Almeida

O Genus perdeu na noite desta quinta-feira (28) para o ASA-AL por 2 a 1, no estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, e garantiu sua classificação à segunda fase da Copa do Brasil 2016. O duelo foi válido pelo 2º jogo da primeira fase da competição nacional.

Sem tempo para respirar, o Genus abriu o placar antes mesmo do primeiro minuto de jogo com o atacante Tcharlles. Mas, antes do intervalo, Klenisson deixou tudo igual. Já nos acréscimos do segundo tempo, Júnior marcou o gol da vitória dos alagoanos.

Com o resultado, o Genus fez 3 a 2 no placar agregado e confirmou sua classificação à segunda fase. Agora, o Aurigrená terá a Ponte Preta-SP pela frente na competição. O primeiro jogo será na quinta-feira (05), às 20h30 (horário de Rondônia), no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho. Já o segundo duelo será no dia 12 de maio no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

O Jogo – Mesmo atuando fora de casa, o Genus entrou em campo disposto a não dar espaços para o adversário. E logo aos 35 segundos de jogo, o zagueiro André Nunes escorregou em campo e a bola sobrou para Tcharlles, que finalizou para abrir o placar para o Genus.

O gol foi uma ducha de ‘água fria’ no ASA-AL, que sentiu o golpe e demorou um tempo para se reorganizar em campo. Aos poucos, o clube alagoano passou a trocar passes e conseguiu chegar somente em cobrança de bola parada. Aos 16 minutos, Jorginho cobra falta, mas a bola vai para fora.

Bem organizado em campo, o Genus não ofereceu muitos espaços para o ASA-AL. Aos poucos, o Aurigrená começou a oferecer perigo aos donos da casa. Aos 35’, Guarate lança Wellington, que recebe livre e finaliza, mas o goleiro André Pereira realiza grande defesa.

Aos 44’, Klenisson arranca em velocidade e bate na saída do goleiro Tiago Rocha, deixando tudo igual ao final da primeira etapa.

Para a segunda etapa, o Genus retornou a campo mantendo a mesma postura tática: priorizando afastar o perigo das proximidades da área. Já o ASA-AL foi para o desespero em busca de gols para sonhar com a classificação.

Aos poucos, o Genus foi convidando o ASA-AL para seu campo de defesa e os minutos finais foram de muita pressão. Aos 26 minutos, Jorginho arrisca de fora da área, mas o goleiro Tiago Rocha faz a defesa em dois tempos. Aos 34’, Jorginho cobra falta próxima a entrada da área, mas o goleiro Tiago Rocha salva o Genus.

Aos 45’, novamente Jorginho tem a oportunidade em cobrança de falta, mas o arqueiro do clube rondoniense coloca para escanteio. Aos 48′, Bruno Souto fez jogada individual e tocou para Dudé, que bateu em cima da zaga.

E depois de tanto insistir, o ASA-AL consegue chegar ao segundo gol com Júnior, aos 49 minutos.

Ficha Técnica
ASA-AL 2 x 1 Genus
Local:
estádio Coaracy da Mata Fonseca (em Arapiraca-AL);
Árbitro: Claudionor dos Santos Júnior (SE);
Assistentes:
Cleberson do Nascimento Leite (PE) e Fernando Antonio da Silva Júnior (PE); 4º árbitro: José Reinaldo Figueiredo da Silva Filho (AL);
Gols:
Tcharlles aos 35’’ e Klenisson aos 44’ do 1º; Júnior aos 49′ do 2º
Cartões amarelos:
Bruno Souto, Dudé e Klenisson (ASA); Alex, Édson Júnior, Júlio César, Tcharlles e Tiago Rocha (Genus);
ASA-AL
André Pereira; Felipe Cordeiro (Júnior), André Nunes, Rayan e Bruno Souto; Jorginho, Ramalho, Diogo (Gaspar) e Rafael; Klenisson e Jean Carlos (Dudé). Técnico: Betinho Nascimento.
Genus
Tiago Rocha; Guarate, Juninho, Édson Júnior e Júlio César; Vitão, Fernandinho, Carlinhos (Jean) e Alex; Wellington (Dodô) e Tcharlles (Rob). Técnico: Claudemir Pontin.

Fonte: Futebol do Norte

Facebook Comments