Botina de segurança: o que é e como conservar?

É bem provável que ao comprar calçados online você já deve ter visto uma botina de segurança. Logo, é um dos sapatos de proteção mais comuns do mercado. Além disso, quando utilizado corretamente, oferece conforto para as pessoas que trabalham o dia inteiro. Portanto, utilizar esse equipamento pode assegurar a segurança dos trabalhadores. Por isso, entenda como conservar esse item.

Quais as funções da botina de segurança?

Uma das principais funções da botina é a proteção dos pés dos usuários contra eventuais acidentes no trabalho. Em contrapartida, é possível encontrar na loja de calçados online mais de uma categoria desse sapato. Portanto, é importante saber identificar as funções de cada uma.

Logo, ao realizar a compra é importante pensar quais os riscos que o profissional está exposto, assim, é muito mais fácil encontrar o modelo ideal. De modo que, a finalidade desse calçado é a prevenção de alguns acidentes, como: queda de materiais, queimaduras, perfuração, chutes, tropeços, descargas elétricas ou temperaturas extremas.

Qual a diferença entre a bota de segurança e a botina?

Essa é uma dúvida muito comum de consumidores que estão em busca de equipamentos de proteção. Além disso, muitas pessoas adquirem uma bota, quando, na verdade, a solução era uma botina.

Nesse sentido, os dois são muito diferentes. De modo que, em situações em que ambos fossem trocados acidentalmente, poderia gerar consequências à integridade física do empregado e também penalizações para a empresa.

Portanto, uma maneira simples de identificar a diferença é observando a altura do cano. Logo, os canos mais curtos, na altura do tornozelo, são botinas. Por outro lado, se for um cano mais longo, na altura da canela, então é uma bota.

Outra dica para você conseguir diferenciar esses calçados, é as botas serem geralmente brancas e feitas de PVC, utilizadas com frequência em açougues. No entanto, as botinas são pretas e feitas de couro, normalmente utilizadas por trabalhadores na construção.

Em contrapartida, são apenas exemplos, pois existem muitas variações de botina com as mais diversas especificações. Inclusive, se você está em busca de calçados femininos, existem também modelos para as mulheres. Então, o recomendado é realizar uma pesquisa para saber o que melhor se encaixa na sua situação.

Como conservar a botina de segurança?

Por serem feitas de couro, o recomendado é que não seja lavado diretamente, pois pode adquirir mau cheiro, ressecar e facilitar a proliferação de micro-organismos. Logo, para eliminação da sujeira, é fundamental a utilização de um pano limpo.

Além disso, é essencial que a higienização seja realizada ao menos uma vez na semana e que as palmilhas estejam sempre secas e limpas. Como também, a secagem deve ser feita na sombra para que não perca a elasticidade e alguns produtos podem ser benéficos na manutenção periódica, como: pomadas, graxas e ceras.

O uso não deve ser contínuo, então o ideal é ter dois pares de sapato. Bem como, tem que ser guardado em um local arejado, longe da umidade e do calor.

A botina de segurança é fundamental para a prevenção de acidentes. Logo, é um item que deve ser usado para evitar consequências para o empregado e para a empresa. Além disso, deve ser conservado de maneira correta para evitar o seu desgaste.

Facebook Comments