Avião quebrou trem de pouso e hélice durante pouso forçado — Foto: Rondônia News/Reprodução

Um avião monomotor fez um pouso forçado em uma área de pastagem, na tarde de domingo (19), no município de Novo Horizonte do Oeste (RO), Zona da Mata. De acordo com relatos do piloto à Polícia Militar (PM), o piloto de 45 anos não sofreu ferimentos.

Aos policiais, o piloto contou que tinha decolado de São Miguel do Guaporé (RO) e tinha como destino a cidade de Rolim de Moura (RO), mas a aeronave apresentou pane elétrica durante o voo e foi preciso fazer um pouso forçado.

Segundo a PM, a Central de operações de Novo Horizonte do Oeste recebeu a informação sobre o pouso de emergência de uma aeronave. Uma guarnição iniciou as buscas pelo avião, que foi localizado em uma pastagem na zona rural do distrito de Migrantinópolis.

Devido às irregularidades do terreno, a aeronave quebrou o trem de pouso e a hélice. O piloto não se feriu.

Registro do avião

O avião de modelo RANS S-6ES foi fabricado em 1998 e tem capacidade para voar com até 410 quilos. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a aeronave está registrada na categoria privada experimental e sua aeronavegabilidade — capacidade de uma aeronave de realizar um voo seguro — está normal.

Ainda conforme a Anac, o avião só tem autorização para voos diurnos e não pode operar como táxi aéreo.

Queda de avião em Alta Floresta

Um avião de pequeno porte caiu na zona rural de Alta Floresta D’Oeste (RO), também na Zona da Mata, na última quinta-feira (16). Não havia passageiros na aeronave.

Conforme testemunhas, o avião teria feito uma manobra perto de uma área de mata em voo baixo. Porém, ao fazer o retorno, apresentou problemas e caiu. Na sequência, pegou fogo.

Fonte: G1

Facebook Comments