O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), lançou nesta terça-feira (30), o projeto ‘Movimente-se’ para estimular a prática de exercícios físicos na população rondoniense que podem ser executados na própria residência, sem que ocorra aglomeração, conforme define o decreto nº 25.859, de 6 março de 2021.

O superintendente da Sejucel, Jobson Bandeira dos Santos, chegou a apresentar um vídeo inaugurando a ação, enfatizando que a inciativa visa contribuir de forma específica, para as pessoas que durante o isolamento social permanecem constantemente em casa e pouco se preocupam com cuidados básicos diários que previnem diversas doenças ligadas ao sedentarismo ou a alimentação inadequada.

Segundo a Sejucel, inicialmente, as aulas ocorrerão todas às segundas-feiras, no formato de vídeos curtos, sendo exibidos por meio das redes sociais da Secretaria e aberto ao público em geral. A estreia será no dia 1º de abril, quinta-feira, com a exibição da primeira produção audiovisual com dicas para o treinamento físico.

Jobson Bandeira destaca que o projeto está em consonância com as medidas restritivas adotadas pelo Poder Executivo, a qual, as pessoas evitam aglomerar em ruas e espaços de lazer. “Os cidadãos, em casa, serão informados quais os exercícios físicos que podem ser feitos pela manhã, como o alongamento e postura corporal, considerados atividades simples e importantes para quem acabou de acordar”, explica.

O projeto “Movimente-se” faz parte do Programa “Lazer na Comunidade”, da Coordenadoria de Esportes e Lazer, tendo como objetivo proporcionar conhecimento e vivência prazerosa, por meio de programações diversificadas a toda a família rondoniense. Por conta da pandemia, a ação se manterá virtualmente, preservando a saúde da comunidade.

O coordenador de esporte e lazer, Vanderlei dos Santos, conta que para reforçar a importância de fazer exercícios em casa, a transmissão das atividades será produzida em espaços da própria sede da Sejucel ou nos ginásios poliesportivos do Estado e academias particulares de Porto Velho. “Durante as aulas, também vamos contar com os profissionais da Secretaria formados em Educação Física”, complementa.

HOME OFFICE COM SAÚDE

Muitos trabalhadores em período de pandemia tiveram que adotar uma nova rotina na vida, aderindo o formato de trabalho home office. A modalidade evita o contato presencial com outras pessoas, mas, é necessário estar atento para algumas condições de posturas e comportamentos ao longo do dia a dia.

Para Vanderlei, mesmo estando em casa é fundamental prevenir-se de certas doenças oriundas do sedentarismo, causado pela durabilidade excessiva por não se movimentar. Outro ponto de alerta, trata-se da má alimentação ou até mesmo, a ausência de se alimentar em horários certos, fator que deve ser priorizado para quem está a serviço de forma remota.

Quanto as atividades físicas, são indispensáveis no cotidiano do trabalhador em home office. A proposta do “Movimente-se” servirá de orientação para quem atua nesta rotina. “As aulas são indicadas, especialmente, a quem trabalha muito tempo sentado em frente ao computador. Se cada um acompanhar o projeto e começar a adotar diariamente, com certeza, irá colaborar para ter uma excelente saúde”, reforça.

 

Fonte: Secom – Governo de Rondônia

Facebook Comments