Rondônia recebe mais de 52 mil doses de vacinas contra Covid-19 para jovens a partir de 18 anos

O Governo de Rondônia por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) recebeu sábado (14), do Ministério da Saúde, 52.210 doses de vacinas contra a covid-19, sendo 19.450 doses da CoronaVac e 32.760 da Pfizer. A nova remessa foi entregue na Central Estadual da Rede de Frio, em Porto Velho, para imunizar a população conforme o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação (PNO).

O diretor-geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima, informou que as doses são destinadas a população com 18 anos ou mais para aplicação da 1ª e 2ª doses. ‘‘Estamos fazendo todos os esforços necessários para que a vacina chegue aos municípios e pedimos que a população procure pela primeira dose e volte para completar a imunização com a segunda dose’’.

Gregório destacou ainda que a remessa será distribuída nas Gerências Regionais de Saúde. São 11.050 doses para a regional de Ji-Paraná; 6.068 para a de Cacoal; 5.542 para a regional de Vilhena; 3 mil para a de Ariquemes; 5.640 para a regional de Rolim de Moura e 20.910 para a de Porto Velho.

Com as novas doses, Rondônia alcança a marca de 1.527.718 doses de vacinas contra a covid-19 recebidas do Governo Federal; destas 520.358 são da CoronaVac; 611.650 da AstraZeneca; 360.360 Pfizer e 35.350 da Janssen.

ACELERAÇÃO

O Governo de Rondônia tem adotado ações estratégicas para avançar na imunização dos rondonienses. O coordenador estadual de Imunização da Agevisa, Ivo Barbosa, destacou duas delas, o “Plano  de Aceleração da Vacina” para incentivar a população a tomar a segunda dose, e o “SOS Vacinação” que teve a 6ª edição realizada na última sexta-feira (11), em Rolim de Moura, com 4.389 doses aplicadas.

Conforme o coordenador, 20 municípios já alcançaram a vacinação do público de 18 anos e a meta é que os outros 32 também atinjam esse objetivo até outubro, ‘‘fazendo com que toda a população vacinável de Rondônia, nem que seja com a primeira dose, seja alcançada com a imunização’’.

A Agevisa pede que a população mantenha os cuidados necessários para a manutenção dos cuidados contra a covid-19 como uso de máscara, distanciamento social e etiqueta respiratória.

Fonte: Secom

Facebook Comments