Três homens morrem em confronto com a PM em área invadida

Maxwel Izidro de Matos, 17 anos, e outros dois homens não identificados foram mortos na tarde de sexta-feira (13), após confrontarem a Polícia Militar em uma fazenda, localizada no distrito de Nova Mutum Paraná, que era ocupada ilegalmente em Porto Velho. Na ação, um outro homem foi preso por porte ilegal de arma e outros dois por invasão de terra.

De acordo com informações apuradas pelo site RONDONIAGORA, os policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), informaram que estavam em diligências pela fazenda Santa Carmen, quando localizou um barraco sem ninguém dentro. Nas proximidades, em outro barraco foi encontrado e no local estava Jucimar A. S., 28 anos, armado com um revólver calibre 357, com seis munições. Ele recebeu voz de prisão pelo crime, e por invadir a prioridade.

Durante as buscas, os policiais encontraram uma farta quantidade de munições de calibres .44 e 9mm e uma espingarda calibre 12. Questionado, Julcimar disse que todo o armamento encontrado pertencia um homem conhecido como “Barão”, que o teria contratado para trabalhar naquele local.
As diligências continuaram, e os policiais seguiram com o conduzido com destino ao final da trilha juntamente com todo o material apreendido. O apoio de outras equipes com viatura foi solicitado.

Confronto

Enquanto os policiais aguardavam a chegada de reforço, eles avistaram a aproximação de um comboio de veículos, sendo duas motocicletas e um carro conduzido por Moacir José Rodrigues com a placa coberta com um saco plástico.

Ao avistar a Polícia, e receberem ordem de parada, os ocupantes dos veículos não obedeceram e seguiram em direção aos policiais.

Na frente do comboio seguia um homem em uma moto, que não obedeceu a ordem e efetuou disparos contra os policiais, que revidaram.

O acusado foi atingido. Ele seria o proprietário de um dos barracos onde a Polícia prendeu Julcimar e aprendeu os armamentos.
O motorista do carro, Moacir, se rendeu e foi abordado pelos policiais..

As diligências continuaram, e uma outra equipe retornou no local onde foram encontrados os dois barracos na primeira abordagem. Ao se aproximar, os policiais foram recebidos a tiros, e houve revide.
Na troca de tiros, dois criminosos, e Maxwel, que estava armado com uma espingarda calibre 12, e os seus dois comparsas foram atingidos. Um deles estava com o rifle calibre 22.

Ainda no local, os policiais abordaram Edesio Araújo. Ele não portava arma, mas foi preso por invadir a fazenda.

Os três baleados, foram socorridos pelos policiais do BOPE até o Pronto Socorro da região, mas já chegaram sem vida.

A Polícia Militar apurou que a justiça já tinha deferido o pedido de reintegração de posse naquele local.

Fonte: Rondoniagora

Facebook Comments