maquet-do-estadio-61-270x235As obras de reforma e ampliação do Estádio Aluízio Ferreira, estimada em R$ 11 milhões, deverão iniciar em fevereiro, segundo o gerente de Esporte e Lazer do Estado, José Carlos Barbosa. O gramado será recuperado e ganhará novo sistema de irrigação, e outra ala com pista oficial de atletismo e complexo desportivo para formação de atletas de alto nível que representarão no futuro Rondônia em competições nacionais.

Zé Carlos (2) (1)

O complexo desportivo contará com três quadras poliesportivas, academia de musculação e uma sala de fisioterapia. O projeto contempla ainda a troca da iluminação, nova fachada com valorização de temas regionais e adaptação da arquibancada com colocação de cadeiras, que seguirão as normas do Ministério dos Esportes.

Segundo José Carlos, a licitação das obras do estádio foi concluída em julho de 2014, mas a execução foi adiada por causa do período da campanha eleitoral.

maq2Ele explicou que o recurso é oriundo do Programa Integrado de Desenvolvimento e Inclusão Socioeconômico (Pidise) e foi bloqueado três meses antes e três meses após as eleições, motivo pelo qual há esse atraso no processo. “Estamos aguardando este prazo para liberação do inicio da obra, que tem previsão para a entrega à população, se não houver nenhum contratempo, um prazo de sete meses”, disse José Carlos.

Obras

O Pidise financia atualmente 170 projetos em todo o Estado, e além das obras do estádio Aluizão e será concluída a reforma do Ginásio Fidoca, na Capital, cujo processo licitatório está pronto e o início das obras também para fevereiro, dependendo apenas da liberação de recursos do BNDES.

Em Ji-Paraná, o Departamento de Estado de Obras e Serviços Públicos (Deosp) será responsável pela realização de obras de reforma dos muros, arquibancadas e telhado do estádio “Biancão”. O investimento previsto é de R$ 690 mil.

No município de Ouro Preto do Oeste, a construção do Complexo Esportivo aguarda a liberação de R$ 3 milhões do Ministério de Esporte.

Aulas e Salas

maq3Todo esse benefício será oferecido à população através de escolas para a prática esportiva. “Teremos uma estrutura de primeira, mas que será voltada para o alto desempenho de atletas. Com exceção do da pista de atletismo as demais benfeitorias serão destinadas a estes atletas”, informa o gerente.

Zé Carlos (4) (1)

A cerca das salas que antes abrigavam associações, uma solução indicada por José Carlos será reformada  e alugada, dando prioridade às entidades que já estavam no local.

O recurso arrecadado seja destinado ao fundo estadual de esporte para a manutenção da estrutura, mas essa é uma sugestão que ainda será apresentada ao governador e submetida a aprovação.

Fonte
Texto: Romeu Noé
Fotos: Ésio Mendes
Decom – Governo de Rondônia


 

Facebook Comments