Tomé Silva Faba, 36, suspeito de estuprar e engravidar a própria filha de 13 anos, foi preso na quinta-feira (19) no município de Coari, no interior do Amazonas. A garota morreu no dia 12 de dezembro, após ter complicações na gestação de seis meses.

Faba, estava foragido desde o dia da morte da menina. Ele teria tido a ajuda da própria mãe da vítima pra escapar da comunidade onde morava. O crime revoltou a população do município de da capital.

Segundo a polícia, os abusos aconteciam há anos sempre que ele saia para pescar. Parentes desconfiaram da situação, mas  mãe negava. Assim que o crime foi descoberto, ela chegou a culpar a vítima dizendo que ela seduziu o homem.

Fonte: Portal do Holanda

 

Facebook Comments