Nome de Luxa ganha força no Cruzeiro para substituir Zé Ricardo

0
188

A informação foi divulgada inicialmente pela Rádio Itatiaia e confirmada pelo ge. Nesta temporada, Luxemburgo comandou o Corinthians, na disputa do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Sul-Americana, substituindo Cuca. Com uma campanha bastante irregular, ele deixou o clube depois de empatar com o Fortaleza, no jogo de ida das semifinais da competição internacional.

Para contratar o treinador, o Cruzeiro conta com a ajuda do empresário Pedro Lourenço, investidor que tem aportado dinheiro na SAF de Ronaldo. O ex-zagueiro Paulo André, um dos gestores da cúpula do Fenômeno também está a cargo de tentar convencer Luxemburgo a voltar para a Toca da Raposa.

Campeão da Tríplice Coroa pelo Cruzeiro, em 2003, Luxemburgo esteve pela última vez comandando a equipe mineira em 2021. Ele assumiu o cargo com a missão de tentar recolocar a Raposa na Série A. No entanto, a conseguiu apenas evitar o rebaixamento do time à Série C.

Mesmo assim, em outubro daquele ano, o treinador aceitou renovar com a diretoria do Cruzeiro, estendendo o contrato até o fim de 2023. Porém, com a chegada da SAF de Ronaldo, a diretoria optou por mudar o comando técnico do time.

Luxemburgo não teve o vínculo renovado, e o Cruzeiro trouxe o uruguaio Paulo Pezzolano, que, posteriormente, foi campeão da Série B de 2022 levando o time de volta à elite do Campeonato Brasileiro.

Situação na tabela

O Cruzeiro ainda depende das próprias forças para evitar o rebaixamento. Mesmo com a derrota para o Coritiba, no sábado, e a demissão do técnico Zé Ricardo, a rodada termina com um certo tom de esperança para o torcedor cruzeirense. O tropeço do Bahia, que empatou com o Athletico-PR, em Salvador, foi, de certa forma, benéfico para o time mineiro.

O empate na Fonte Nova fez a equipe tricolor chegar a 38 pontos na tabela, ocupando a 16ª colocação. O Bahia é o primeiro time fora do Z-4 e disputou, até o momento, 34 partidas. O Cruzeiro aparece logo atrás, em 17º lugar com 37 e dois jogos a menos em relação ao clube de Salvador (clique aqui e confira a classificação atualizada do campeonato).

No próximo sábado, às 18h30 (de Brasília), o time mineiro enfrenta o Fortaleza, no Ceará, em jogo adiado da 30ª rodada. Se vencer o adversário, o Cruzeiro vai somar 40 pontos e superar o Bahia. Em caso de empate, a Raposa iguala a pontuação do rival baiano, mas fica atrás por causa do número de vitórias.

Caso não conquiste os três pontos, o Cruzeiro vai ter outra chance para deixar o Z-4 na sequência. Na quarta-feira, dia 22, no Mineirão, o time recebe o Vasco, em outro jogo adiado, desta vez da 32ª rodada. A equipe do Rio de Janeiro, neste momento, ocupa o 15ª lugar, com 40 pontos ganhos.

Com a saída de Zé Ricardo, o clube vai para o quarto comandante na temporada, que começou com Paulo Pezzolano e teve o português Pepa, antes do treinador demitido neste domingo. Por enquanto. Fernando Seabra, técnico da equipe sub-20 cruzeirense, dirige o time principal até a definição do nome do novo comandante.

Fonte: ge