gmmmEm reunião realizada na última sexta-feira (30/04), o Ministério Público de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Guajará-Mirim, pediu explicações ao Poder Executivo daquele Município sobre os inúmeros problemas na área da saúde da cidade, em razão das várias denúncias sobre a gestão inadequada da rede e sobre a deficiência nos atendimentos prestados à população.

Além da presença do Chefe do Executivo Municipal e do Presidente da Câmara de Vereadores de Guajará-Mirim, participaram também o Secretário Municipal de Saúde, a Coordenadora Geral de Saúde, o Coordenador da Assistência Farmacêutica, o representante do Hospital Regional.

As partes apresentaram um abrangente diagnóstico sobre as irregularidades que atualmente afetam o sistema público de saúde em Guajará, discorrendo sobre os problemas e os reflexos aos seus usuários.

O Ministério Público já possui um amplo inquérito civil público concluído sobre as impropriedades de toda a rede pública de saúde de Guajará-Mirim e de Nova Mamoré, inclusive subsidiado com auditorias e inspeções dos órgãos de controle, tanto de âmbito federal quanto estadual. A investigação compila dados e relatórios dos últimos 24 meses envolvendo a administração da saúde na comarca.

Em razão do atual cenário, o MP ingressará com as medidas coletivas cabíveis objetivando a restauração e a readequação da rede pública de saúde.
Fonte: Ascom MPRO

Facebook Comments