Morreu nesta sexta-feira (30), no Hospital Cemetron, em Porto Velho, o jornalista, músico e humorista, Santiago Roa Júnior. Ele estava internado por causa de uma minigite desde o início do mês de julho e havia saído recentemente da UTI para um quarto. Seu quadro evoluía bem, mas teve complicações nesta tarde e sofreu uma parada cardíaca fulminante. O velório será em Cacoal.

A notícia da morte de Santiago Roa Junior pegou todos os colegas de imprensa de surpresa. Depois de passar quase dois meses em coma, ele teve uma melhora considerável. Amigos e colegas de profissão estavam, inclusive, realizando uma vaquinha virtual para angariar recursos para custear os medicamentos, uma vez que o quadro clínico melhorava a cada dia.

O falecimento de Santiago gerou comoções nas redes sociais. Ao noticiar a morte do colega e amigo em sua página no facebook, o jornalista  Geovani Berno mesclou o compromisso de informar e a tristeza da perda de um amigo.

“Como jornalista às vezes temos de escrever textos que não gostaríamos. Narrar histórias que não gostaríamos de narrar. E a que nos deixa mais triste e o anúncio da morte de um colega. Mais que isso, um amigo, um irmão. Mas cumpre o dever de fazê-lo. E é com esta tristeza no coração, no pensamento e nas palavras que lamentamos o passamento do jornalista, professor, músico, humorista SANTIAGO ROA JÚNIOR. Rogamos agora ao nosso Pai Celestial que ampare ao nosso irmão e conforte o coração enlutado de todos aqueles que tiveram o privilégio de conviver e conhecer o San. Repouse na paz do Cristo.”, escreveu

Outros profissionais e amigo tambem se manifestaram pelas redes sociais.

“Rondônia perdeu um pouco de sua graça. Nosso brother subiu as céus. Vai lá meu irmão. Vai ficar na memoria as ‘sociais’ no sitio. Sua alegria, bom humor e o amor incondicional a sua pequena Maria”, escreveu o jornalista Paulo Andreolli.

“O mundo nos prega muitas surpresas.  Ainda custa acreditar que tudo isto é verdade. Descanse em paz meu Amigo Santiago. Espero que você esteja em um lugar melhor”, postou o jornalista Leivinha Oliveira

“Vá em paz, amigo! Talvez, no outro plano tenhamos a oportunidade de desenvolvermos outros tipos de projetos. Que Deus, Jesus Cristo e os espíritos de Luz o recebam em sua nova acolhida”, escreveu o jornalista Valbran Junior

Facebook Comments