Máquinas agrícolas com tecnologias modernas estão em exposição na 11ª Rondônia Rural Show Internacional

0
72

Novos modelos de máquinas agrícolas, com tecnologias modernas e inteligentes, fazem parte dos atrativos da 11ª Rondônia Rural Show Internacional, que está acontecendo até sábado (25), no Centro Tecnológico Vandeci Rack, em Ji-Paraná, área central de Rondônia. Os maquinários impressionam pelo tamanho, funções tecnológicas e potencial para impulsionar a produtividade sustentável na Amazônia.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, as novas tecnologias vão fazer a diferença no agronegócio com sustentabilidade. ‘‘São máquinas para todos os tipos de propriedades, com as mais modernas soluções sustentáveis, a fim de ajudar o estado a prosperar na produção de alimentos para o Brasil e o mundo’’, salientou.

Segundo o titular da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Luis Paulo, a presença de diversos expositores de máquinas agrícolas sinaliza o quanto o segmento acredita na força da feira agropecuária de Rondônia para gerar bons negócios, e na oportunidade de apresentar aos produtores o que há de mais moderno e tecnológico. ‘‘A feira concentra o catálogo dos melhores e mais modernos maquinários para o agro’’, considerou.

TECNOLOGIA SOFISTICADA

Destinado ao plantio de grande porte, como a produção de soja, uma das plantadeiras exposta na feira traz como diferencial o sistema de inteligência, uma tecnologia sofisticada para o campo, que facilita o trabalho do produtor. O maquinário consegue fazer o plantio no mesmo rastro da área ocupada pela safra anterior, devido ao mapeamento da área, o que é considerado inteligência de plantio. ‘‘Tem robustez tecnológica e ao mesmo tempo praticidade’’, afirma o expositor João Júnior.

Outra máquina agrícola que chama atenção na feira é a colheitadeira com esteira de borracha que serve para compactar o solo, procedimento importante para a agricultura, e contempla uma plataforma para colheita de soja de 45 a 52 pés. ‘‘É uma máquina que se destaca no segmento da agricultura por todas as funcionalidades que possui’’, afirma o consultor de vendas, Higor Melo.

A bomba de transferência de água e diesel movida a bateria de 12 volts, é outro atrativo da feira. Ao contrário das tradicionais, com vazão de 20 litros por minuto, ela alcança um vazão de 30 litros por minuto, podendo ser usada no abastecimento de maquinário, como pulverizador, e até para o segmento de pesca.

Para o expositor Gregório Rodrigues, a expectativa é de bons negócios. ‘‘É muito importante estar nessa feira, ela é um vitrine do mercado. Ajuda muito a fechar negócios durante e no pós-feira. No ano passado tivemos um movimentação financeira muito positiva e esperamos esse ano superar a meta’’, pontuou.

PRODUÇÃO DE ALIMENTOS

Os maquinários agrícolas têm potencial para o melhoramento das cadeias produtivas e para contribuir com a evolução da produção de alimentos em Rondônia. O estado alcançou, em março, o 2º maior Valor Bruto de Produção Agropecuária (VBP) da região Norte, medido pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), com arrecadação superior a R$ 20,5 bilhões. E ficou no 11º lugar no ranking nacional.

Secom – Governo de Rondônia