Após prender o venezuelano José Luiz Guzman (foto) em flagrante quinta-feira (29) tentando beijar um menino de 11 anos em uma Padaria na zona Leste de Porto Velho, a Polícia encontrou o celular do homem, mais de 3.000 fotos de crianças seminuas, e um e-mail que enviava as imagens dos menores para fora do país.

A informação foi confirmada na manhã desta sexta-feira (30). Agora a Polícia investiga se o acusado é ligado à uma rede de pedófilos. “Nós começamos a verificar os arquivos e foram encontradas várias imagens de crianças entre a faixa etária de 7 a 12 anos, de cueca, em alguma pose, desfilando. Todos meninos”, disse, o delegado Jesus Boabaid, acrescentando que muitas imagens deixam evidente o crime de pedofilia praticado pelo acusado.

Ainda de acordo com o delegado, o venezuelano no flagrante de ontem, câmeras de segurança da Padaria mostram José Luiz acariciando e tentando beijar e abraçar o garoto, fato, que também foi confirmado pelo pai da criança e funcionários do local.

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) vai analisar as imagens a fim de verificar se nelas, há crianças despidas e algumas com o suspeito.

Fonte: Rondonoticias

Facebook Comments