Jovens irmãos rondonienses são brutalmente mortos no MT

0
478

Dois irmãos, moradores de Vilhena, foram brutalmente assassinados neste domingo (12), em uma fazenda na divisa de Rondônia com o Mato Grosso, na localidade Gleba Macuquinho, zona rural de Comodoro (MT), a 50 km de Vilhena, onde acontecia uma festa comunitária.

Josué Machado Santos, 19 anos, e Daniel Machado Santos, 20 anos são as vítimas, que foram rendidas por dois homens dentro de uma casa e mortas a tiros e facadas.

O jornal Folha do Sul Online ouviu um primo dos dois jovens assassinados. Ele disse que o motivo do crime foi uma discussão por causa de cadeiras “praieiras”, levadas pelos vilhenenses, que participavam de uma festa na Gleba Macuquinho.

O pai deles, que é pastor evangélico, mas também presta serviços em fazendas, esteve em uma propriedade próxima ao local do crime para acertar um trabalho. Como os jovens queriam muito ir à festa, o religioso ficou na fazenda e emprestou o veículo Chevrolet Corsa a eles.

Josué e Daniel levaram as cadeiras, mas se levantaram para dançar e, quando voltaram, os assentos estavam ocupados por uma mulher e uma criança. Resolveram não discutir, mas quando iam embora, pediram as cadeiras. A mulher que ocupava uma delas se irritou, mas o irmão mais velho evitou a briga, colocou o outro no carro e os dois foram embora.

Dois homens que estavam na festa (um deles marido da mulher que havia ocupado a cadeira) seguiram os irmãos, que até tentaram correr após saírem do carro, mas foram alcançados pela dupla, identificada pelos nomes de “Eduardo” e “Daniel”.

De acordo com o primo, um dos rapazes foi executado com tiros de revólver, mas a arma falhou e o outro acabou sendo morto a facadas.

Fonte: Rondoniagora