Senador Jorge Viana (PT-AC)
Senador Jorge Viana (PT-AC)
Senador Jorge Viana (PT-AC)Jorge Viana

A cheia do rio Madeira, que deixa milhares de ribeirinhos do Acre e Rondônia em situação crítica, com problemas de abastecimento e até isolamento motivou, novamente, o pronunciamento do senador Jorge Viana nesta quinta-feira (20). O nível do rio Madeira, que corta os dois estados, está quase 18 metros acima do normal. É a pior cheia em 100 anos.
Ele pediu ao Governo Federal o apoio para que sejam enviadas equipes da Defesa Civil, Ministério da Integração Nacional e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A ideia é verificar in loco a situação das famílias que estão isoladas e as condições das estradas da região.
Viana lembrou que na principal ligação dos estados com o restante do País, a BR 364, a lâmina d’água sobre a rodovia já chega a 50 centímetros.
O nível do rio Acre chegou a 14,5 metros, afetando as cidades de Assis Brasil, Brasileira e Xapuri. Os abrigos receberam 70 famílias. O Rio Iaco, em Sena Madureira, também transbordou. A enchente afetou o município de Tarauacá.
Outra reivindicação de Jorge Viana foi a de maiores investimentos em políticas de prevenção, capazes de reduzir os danos causados às famílias ribeirinhas. Hoje, segundo ele, mais de 1,3 mil famílias sofrem diretamente os efeitos de uma das maiores cheias que já atingiram a região.
Para assistir ao discurso na íntegra:
http://www.youtube.com/watch?v=N2rrHCJlDkU&feature=youtu.be

Facebook Comments