Guajará-Mirim se prepara para novas eleições: procedimentos para eleição começam dia 6

Presidente da Câmara, Sérgio Bouez é o prefeito interino de Guajará-Mirim

A partir do próximo dia 6, a Justiça Eleitoral inciará os procedimentos para a nova eleição municipal que será realizada dia 12 de março, em Guajará-Mirim, com vistas a eleger apenas o prefeito e vice. O município teve anulado o pleito de 2 de outubro do ano passado após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferir o novo pedido de recurso do candidato Antônio Bento (PMDB), que foi o mais votado, com 9.722, mas seus votos não foram contabilizados porque estava com a candidatura indeferida. Guajará tem 28.042 eleitores.

Em 2014, Antônio Bento foi condenado a um ano e seis meses de detenção sob acusação de falsificação de documento. Ele recorre da decisão desde a época da sentença, mas sem êxito, permanece inelegível até 2022.

De acordo com o juiz responsável pela zona eleitoral de Guajará-Mirim e Nova Mamoré, Paulo José do Nascimento Fabrício, Antônio Bento pode recorrer diversas vezes ao TSE, mas mesmo assim haverá nova eleição, porque a decisão de uma nova eleição não tem efeito suspensivo.

Atualmente, a prefeitura de Guajará-Mirim está sendo comandada interinamente pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Sérgio Bouez (PSB). Já o vereador Professor Mario Cezar (PMDB) assumiu interinamente a Presidência da Casa de Leis do município.

Facebook Comments