O governo de Rondônia, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), inicia nesta semana (20) o mutirão de cirurgias ortopédicas para atender cerca de 108 pacientes cadastrados no serviço de traumatologia e que aguardam pelo procedimento no Hospital Regional de Cacoal.
De acordo com o secretário da Sesau, Fernando Máximo, os pacientes são provenientes de 34 municípios rondonienses, das regiões do Café (Cacoal), Central (Ji-Paraná), Sul (Vilhena), Zona da Mata (Rolim de Moura) e Vale do Guaporé (São Francisco). Esses municípios compõem a II Macrorregião de Saúde do estado de Rondônia, que abriga mais de 800 mil habitantes e tem como referência o Complexo Hospitalar Regional de Cacoal, que engloba o Hospital Regional (HRC) e Hospital de Urgência e Emergência Regional (Heuro).

“Serão 15 dias de cirurgias com uma intensificação nos finais de semana, como nos dias 25 e 26 de janeiro, que serão realizadas 24 cirurgias. Toda a estrutura para os procedimentos é do Hospital Regional de Cacoal, assim como a equipe que envolve ortopedistas, anestesistas, enfermeiros, entre outros profissionais. Mas a aquisição das órteses e próteses só foi possível graças à emenda da deputada federal Jaqueline Cassol, que disponibilizou R$ 3 milhões para que pudéssemos adquirir este material para realização dos procedimentos”, destacou Fernando Máximo.

Todos os pacientes que serão atendidos dentro do mutirão de cirurgias no Hospital Regional de Cacoal estão sendo contatados pela equipe de regulação da unidade.
“Cacoal é uma referência em saúde no interior do estado de Rondônia, e para atender a demanda nesta região outras ações deste tipo serão realizadas para que possamos oferecer um atendimento em saúde de qualidade e que atenda aos anseios da população”, destacou o diretor do Cohrec – Complexo Hospitalar de Cacoal -, João Henrique Paulo Gomes.
Fonte: Secom
Facebook Comments