Uma semana após chacina de 9 trabalhadores em Colniza (MT), nenhum suspeito é preso (Foto: Reprodução/TVCA)

De acordo com informações  até o momento dois suspeitos já foram presos pela força-tarefa constituída pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) suspeitos de participar na chacina que deixou nove mortos, na comunidade de Taquaruçu do Norte, localizada a 250km da Sede do Município de Colniza/MT.

As vítimas da chacina foram Francisco Chaves da Silva, 56, Izaul Brito dos Santos, 50, Ezequias Santos de Oliveira, 26, Samuel Antônio da Cunha, 23, Francisco Chaves da Silva, 56, Aldo Aparecido Carlini, 50, Edson Alves Antunes, 32, Valmir Rangeu do Nascimento, 55, Fábio Rodrigues dos Santos, 37, e o pastor da Assembleia de Deus, Sebastião Ferreira de Souza, 57.

De acordo com as investigações o terceiro suspeito foi identificado, mas ainda não foi detido até o momento, já o mandante das mortes foi identificado e está foragido, contudo, negocia por meio do advogado a sua rendição.

Força-tarefa prende dois suspeitos dos nove assassinatos em Colniza; mandante esta foragidoO secretário de Estado de Segurança Pública do Mato Grosso, Rogers Jarbas, concederá  entrevista coletiva nesta terça-feira (02.05), às 15 horas, na sala multiuso da Sesp. Participarão da entrevista o delegado regional de Juína, José Carlos de Almeida Junior, o delegado municipal de Colniza, Edson Pick, o delegado da DHPP, Marcelo Miranda, e o comandante regional da Polícia Militar em Juína, tenente-coronel Eduardo Henrique de Souza.

Representantes do Comando Geral da Polícia Militar, Diretoria da Polícia Judiciária Civil, Politec e Corpo de Bombeiros Militar também estarão presentes.

Facebook Comments