Filhas de Silvio Santos transformam Teleton em culto evangélico

Silvia, Patrícia e Rebeca Abravanel tiveram o momento mais difícil de suas carreiras no SBT na noite de sábado (26/10/2019). As três precisaram substituir o pai, Silvio Santos, no palco do Teleton 2019. Nervosas, elas precisaram improvisar e o resultado, como apontado pelo colunista Maurício Stycer, foi um grande culto evangélico.

Exibindo nervosismo, as três herdeiras de Silvio não tinham um roteiro para seguir. Assim, elas prolongaram a participação da cantora gospel Aline Barros. “O pessoal deve estar se perguntando o que acontece que a gente está fazendo um culto evangélico aqui”, disse Patrícia.

A apresentadora foi além: “Aqui no SBT a gente não tem uma religião. A gente não prega nada. Mas algo que faz a diferença em nossas vidas é a gente ter fé em Deus”, explicou.

Silvia, Patrícia e Rebeca Abravanel foram escaladas de última hora, após Silvio Santos cancelar sua participação no Teleton 2019. O apresentador não compareceu por estar gripado, mas a decisão foi tomada às vésperas de ele entrar no ar, por volta das 21h30.

As filhas, então, precisaram assumir o horário, que, claramente, não tinha um roteiro. “Gente, não foi nada planejado. Se tem uma verdade, é que não foi nada planejado. A gente teve que entrar as três juntas, de improviso, de última hora. E a gente pediu para a Aline ficar”, reconheceu Patrícia.

Além do “culto evangélico”, segui-se algumas gafes. Rebeca, por exemplo, ao tentar apresentar um malabarista, falou: “Aquele negócio que a gente vê no farol”. A declaração pegou muito mal.

“Tá todo mundo vendo a gente pagar um pouco de mico na TV”, admitiu Patrícia Abravanel.

Fonte: Metropoles

Facebook Comments