Vários municípios de Rondônia divulgaram que estão sem estoque da vacina antirrábica para cães e gatos. Com isso, as campanhas de vacinação previstas para 2019 foram canceladas.

Porto Velho e Vilhena são alguns dos municípios que já anunciaram a suspensão da campanha de vacinação que previne a raiva em animais.

Segundo a prefeitura da capital, a falta de estoque obrigou o município a reprogramar o cronograma de atividades. Agora, a campanha de vacinação está prevista para acontecer apenas em 2020.

Em Vilhena, no Cone Sul, a campanha de vacinação antirrábica estava marcada para o próximo dia 31 de agosto e também precisou ser adiada por falta da vacina antirrábica (VARC). A cidade ainda não tem previsão de uma nova data para a campanha.

Por que acabou o estoque?

Os municípios afirmam que o estoque acabou porque novas doses da vacina não foram repassadas pelo Ministério da Saúde.

Ao G1, o Ministério da Saúde diz que a pasta adquire doses da vacina antirrábica para cães e gatos em quantidade suficiente “para atender a demanda mensal dos estados para a vacinação de bloqueio de foco, que ocorre quando um animal é diagnosticado com o vírus da raiva”.

Segundo o ministério, mais de 9,8 milhões de doses da VARC foram distribuídas só neste ano no Brasil, sendo 250 mil para Rondônia.

O Ministério da Saúde diz que uma nova entrega da vacina antirrábica (VARC) está em andamento.

“A pasta aguarda a entrega do laboratório fornecedor, que informou ter identificado problemas técnicos na produção da vacina. O Ministério da Saúde está empenhado em solucionar este atraso junto ao laboratório fornecedor da vacina, e ressalta que as doses serão enviadas aos estados assim que a produção for normalizada”, diz em nota.

Alternativas

Mesmo cancelando a campanha de vacinação antirrábica de 2019, a prefeitura de Porto Velho diz que adotou “novas estratégias” e inaugurou duas unidades itinerantes de Vigilância e Controle de Zoonoses.

Ao longo das próximas semanas, os trailers da Vigilância e Controle de Zoonoses percorrerão os bairros da capital para aplicar vacinas em cães e gatos, conforme as doses vão sendo repostas.

Fonte: G1

Facebook Comments