Jonathas Pereira Gonçalves, 29 anos, foi morto durante o final da noite de segunda-feira (06), após ser alvejado com um tiro enquanto estava transitando na garupa de um motocicleta que era conduzida por um amigo que por sorte também não foi atingido.

A Polícia Militar foi acionada para se deslocar até a Linha 22 situada as Margens da BR- 319 sentido ao Estado do Amazonas e se deparou com a vítima jogada ao solo e sua morte foi constatada pela equipe médica do Samu.

A testemunha contou que estava conduzindo a moto e a vítima estava na garupa seguindo para a fazenda onde moram e trabalham, quando em dado momento apareceu no meio da rua dois suspeitos armados. As vítimas tentaram desviar caminho quando a testemunha ouviu quando um deles teria falado para atirar logo. Em seguida ele ouviu um tiro e percebeu que Jonathas tinha sido atingido e depois de alguns metros eles caíram da moto e a testemunha correu para pedir ajuda.

Familiares relataram que a vítima teria se envolvido e um acidente de trânsito no ano passado, onde teria atropelado e matado uma pessoa na mesma linha e teria sido jurado de morte pelo familiares do morto.

A Polícia Civil da delegacia de homicídios já seguem com as investigações para esclarecer o crime que ocorreu na zona rural de Porto Velho.

Fonte: Hora1Rondônia

Facebook Comments