Em entrevista, Samuel Costa se opõe contra à “romantização da pobreza” 

 

O professor, jornalista e advogado Samuel Costa (PCdoB) disse em entrevista ao site Candeias Urgente, da cidade de Candeias do Jamari (RO), falou sobre a situação econômica do País, que tem aumentado a miséria, e o custo de vida, com a subida dos preços dos alimentos e principalmente nos combustíveis.

Samuel bateu na tecla da insegurança alimentar que tem vitimado atualmente 118 milhões de brasileiros. Segundo ele, o Brasil possui condições de alimentar 20% da população mundial e não é possível que não consiga garantir a alimentação de metade da população do País.

De acordo com Samuel essa mesma insegurança está presente na escalada de preços do combustível que tem sacrificado o poder aquisitivo do trabalhador, elevando inflação. Milhões de brasileiros terão que começar a andar a pé para não ter que passar fome.

“Eu quero que a população faça um exercício de reflexão: se a gasolina, na época em que existia “roubalheira” na Petrobrás era R$ 2,80 porque agora “sem roubalheira” o litro da gasolina está R$ 6,39? Vou falar uma coisa para vocês: Até o final do ano, se o Bolsonaro não intervir na política equivocada do Paulo Guedes, na Petrobrás, a gasolina vai chegar aos oito Reais”, ressaltou Costa.

Confira o vídeo da entrevista:

https://fb.watch/8dyjKAM9CZ/

Facebook Comments