Defeito no sonar prejudica segundo dia de busca às vítimas do acidente com monomotor em Florianópolis

02-02-2016-21-01-35-bombeiros-ilha-2Defeito no sonar prejudicou o segundo dia de resgate às vítimas do acidente com monomotor, ocupado pelo empresário Robson Guimarães e o piloto Marlon Neves, de Ji-Paraná/RO. A aeronave caiu na última segunda-feira após decolar do aeroporto Internacional Hercílio Luz, em Florianópolis. Segundo noticiários da mídia local, as buscas pelas vitimas devem se retomadas hoje.

Em entrevista ao Diário Catarinense, o irmão do empresário Robson Guimarães, Vanderson Guimarães, disse que esta acompanhado dos pais e amigos mais próximos, aguarda por informações das vítimas. 

Robson Guimarães, um dos donos da empresa Bigsal, com sede em Ji-Paraná, distante a 400 quilômetros de Porto Velho/RO. O empresário reside em Florianópolis, mas a cada 15 dias ele vem para Ji-parana visitar sua empresa e sua fazenda de criação de gado.

Fotos: Divulgação/Bombeiro

Facebook Comments