Semusa reúne instituições governamentais e sociedade civil para combater o Aedes aegypti

reuniao_semusa_800px4img-20160201-wa0040_002Representantes do poder público Municipal e Estadual estão em constante reunião para discutir a estratégia de trabalho de campo quanto ao controle do Aedes aegypti em Porto Velho. O objetivo é impedir a entrada do Zika Vírus e outras doenças transmitidas pelo mosquito em Porto Velho.

reuniao_semusa_800px4semusa_hiperdia_800px4_mg_8887_001_003“Queremos até o final de fevereiro fazer uma visita domiciliar em todos os cento e oitenta e nove mil imoveis de Porto velho. E em Março e Abril vamos novamente visitar todos os imóveis e também realizar uma outra visita em Maio em Junho. Será uma ação conjunta com os órgãos, sociedade civil e Organizações Não Governamentais. É um compromisso de todos. O município não tem condições de combater o Zika vírus, Chikungunya e Dengue sozinho”, disse o Secretário de Saúde de Porto Velho, Domingos Sávio.

A reunião contou com a presença do secretário adjunto de Estado da Saúde, Luis Eduardo Maiorquim, Arlete baldez da Agência de Vigilância  em Saúde de Rondônia, o Comandante do Corpo de Bombeiro e coordenador da Defesa Civil Estadual, Coronel Silvio Luiz Rodrigues da Silva,  Maria de Lurdes representante o Núcleo do Ministério da Saúde de Porto Velho, Tagliane do Laboratório Central do Estado, o  Tenente Coronel Nivaldo de Azevedo Ferreira, Régia de Lurdes Diretora da Divisão Municipal de Vigilância Epidemiológica e Ambiental, o Doutor Ivo Benites, da Funasa e o coordenador de combate a Dengue e Chikungunya,  Marcuce Antônio.

Entre as ações conjuntas do município estão o levantamento de focos do Mosquito, a capacitação de centenas de agentes comunitários e de Endemias e o trabalho em parceria com demais secretarias e coordenadorias do poder municipal.  Dentre as ações estão, por exemplo, as da Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb)  que tem intensificado os mutirões em diversos bairros da cidade, realizando a retirada lixo, limpando ruas e terrenos baldios.

reuniao_semusa_800px4_mg_1754_001

Conforme o secretário adjunto de Serviços Básicos (Semusb), Itamar Ribeiro, é preciso um grande esforço para mudar a realidade, já que as ruas se encontram tomadas por matagais, lama e entulhos. Estas limpezas acontecem em parceria com os moradores, que passam a retirar todo o lixo dos quintais para que as máquinas da prefeitura deem a ele o destino correto. “Essa medida também ajuda a combater o mosquito transmissor da dengue, Chikungunya e Zica vírus, além de outras doenças”, destacou o secretário.

Também a Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para Juventude (CMPPJ) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), estará durante as festividades de carnaval realizando o “Bloco da Prevenção” uma ação que leva orientação e educação para os brincantes, sobre a prevenção as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) e dando orinetações sobre quanto a eliminação do  Aedes Aegypti.

Por Rebeca Barca | Fotos Arquivo –

Facebook Comments