Confúcio Moura deixa Senado para comandar articulações com vistas às eleições de 2022

O senador Confúcio Moura (MDB-RO) comunicou nessa terça-feira (21), em pronunciamento, o seu licenciamento por um curto período de tempo para tratar de assuntos particulares. O parlamentar disse que ira se afastar a partir do dia 24 de setembro, e nesse intervalo de ausência assumirá a professora Maria Eliza de Aguiar e Silva (MDB). O documento foi protocolado na segunda-feira (20), junto à Secretaria-Geral da Mesa.

De acordo com o senador, nesse intervalo, ele irá cumprir as funções de vice-presidente Nacional do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), e que, inicialmente irá trabalhar no Estado de Rondônia ajudando a montar as chapas, as alianças para o ano que vem, juntamente com o deputado federal Lúcio Mosquini, presidente da agremiação no Estado.

Confúcio Moura afirmou que pretende ajudar a organizar os diretórios também com os vereadores em cada localidade. “Queremos congregar, de tal forma que a gente possa ter um partido unido, um partido que a gente possa fazer em 2022 mais deputados federais e mais deputados estaduais do MDB, e isso tudo depende do trabalho que inicia agora, portanto é um dos fatores da licença”, concluiu.

Com informações da assessoria do senador

Facebook Comments