Conclusão do hospital de Guajará-Mirim: agora vai?

0
1736
A empresa responsável tem o prazo previsto de 12 meses para a execução e entrega do prédio

Por Roberto Kuppê

Parece que sim. O hospital de Guajará-Mirim, finalmente será concluído nos próximos 12 meses. Segundo o secretário de Estado da Saúde, Jefferson Rocha, com a assinatura da ordem de serviço para o início da obras de finalização, readequação e ampliação do novo Hospital de Guajará-mirim, a empresa A.C. Faustino Eirelle PP terá 12 meses para a execução e entrega do prédio. O valor da obra é de R$ 19.832.661,02.

O hospital terá uma área total de 4.674 metros quadrados, 50 leitos para adultos e 12 leitos pediátricos, além de 02 consultórios, 03 salas para parto normal e 02 salas para cirurgias e atendimento de emergência.

“Um sonho tão esperado pela população de Guajará-mirim, está se tornando realidade, estamos empenhados e comprometidos para que todas as etapas sejam cumpridas”, disse o secretário.

De acordo com Jeferson Rocha, mais de 10 empresas manifestaram interesse para a construção. Após avaliações de pré-requisitos, aspectos técnicos do projeto e também esclarecimentos de dúvidas gerais. Na sexta-feira, 6, a Agência Brasileira de Cooperação — ABC, encaminhou os documentos da empresa selecionada para a construção para a adjudicação, para conceder a posse do ato da obra.

A empresa

O certame foi vencido pela empresa A.C. Faustino Eirelle PP,  com sede no Cohab Floresta, em Porto Velho, ao valor de R$ 19.832.661,02. A empresa possui um capital social de R$ 2.200.000,00. Adenilson Casagrande Faustino aparece como proprietário. Na razão social da A.C. Faustino consta que ela é apta à construção de edifícios residenciais, comerciais e os de usos específicos como consultórios, clínicas médicas e hospitais.

 

 

Ordem de serviço é assinada para construção do novo de Hospital de Guajará-Mirim