Os deputados Anderson Pereira (PROS) e Eyder Brasil (PSL) se reuniram na quarta-feira (10), no terceiro encontro da comissão temporária instalada para analisar e contribuir com dos decretos do Governo do Estado em relação à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) em Rondônia.

A reunião aconteceu em forma de audiência de instrução por não haver o quórum regimental mínimo de três deputados. A comissão é um elo entre a sociedade civil organizada e o Poder Executivo estadual, como também o Ministério Público, Tribunal de Justiça entre outros poderes.

A intenção da comissão é reunir a opinião de empresários, profissionais de saúde, profissionais liberais e da sociedade em geral sobre os efeitos provocados pelos decretos no setor produtivo, bem como ajudar na busca por soluções para minimizar os efeitos da pandemia. Também tem o intuito de ouvir a população e levar os anseios para ser discutido e deliberado pelo comitê de crise do governo.

Na pauta, os deputados ouviram representantes na intenção de buscar meios para manter os empregos e determinar medidas para proteger a economia, também foi discutido o retorno gradativo das aulas presenciais que estava previsto no decreto anterior e a flexibilização do novo decreto que tem apertado os empresários e causado inúmeras demissões. Os pedidos foram encaminhados pelos deputados Anderson e Eyder para esclarecimentos por parte do Poder Executivo para dar uma resposta rápida para a classe empresarial em especial à população.

“Precisamos caminhar mais próximos para sairmos o mais breve possível desta situação de calamidade. O apoio de toda a classe política é primordial para que possamos promover o diálogo com o governo, analisando mais minuciosamente cada situação e buscando um ponto de equilíbrio entre as restrições e a preservação dos empregos, das empresas e das vidas dos rondonienses”, finalizou o deputado Anderson Pereira.

Fonte: ALE/RO

Facebook Comments