Por Roberto Kuppê (*)

Reta final

Daqui a oito dias acontece as eleições de 2020. Quem se aliou ao presidente Bolsonaro se lascou todinho. Com a derrota de Trump, o bolsonarismo caminha para o cadafalso. Com o indiciamento de Flávio Bolsonaro pela prática da rachadinha, o caminho é a prisão de membros do clã. Políticos de RO passando o pano nas mazelas da familícia Bolsonaro, insistem em criminalizar o PT, mesmo sabendo que tudo foi engendrado para tirar Lula das eleições de 2018. Lula foi condenado e preso, mas, hoje, ele vem sendo sistematicamente inocentado das falsas acusações impetradas contra ele. Idem, Dilma Rousseff, que foi impitimada sem cometer crime algum. Foi a mais sórdida politicagem.

Eyder Brasil

Dos candidatos a prefeito de Porto Velho bolsonarista, o mais autêntico é o deputado estadual Eyder Brasil (PSL), que pelo menos honra o partido e a camisa que veste. Eyder tem feito uma campanha limpa e sem ataques. À reboque, ele traz a candidata Siça Andrade (PSL), filha do saudoso Manelão, a vereadora por Porto Velho. Siça tem a cultura no sangue. Há políticos bons no PSL, com certeza.

Ronaldo Flores

Gentem! O candidato a prefeito de Porto Velho, Ronaldo Flores (Solidariedade), também participou do debate, naquele em que Cristiane Lopes (PP) e Samuel Costa (PCdoB) trocaram socos e pontapés. A mídia só falou das cenas de pugilato entre a vereadora e o Samuel. Pois bem. O candidato do Solidariedade permaneceu focado em apresentar propostas, entre elas; ações para a educação, valorização do servidor público municipal, projetos para os distritos, investimentos para setor da agricultura, implementação do saneamento básico e estratégias para geração de emprego e renda, mostrando aos eleitores que o próximo Prefeito de Porto Velho precisa ter conhecimento dos problemas da cidade.

Cristiane Lopes X Samuel Costa

A coluna conseguiu cenas inéditas que estavam sob sigilo, da briga entre os candidatos a prefeito de Porto Velho, Cristiane Lopes (PP) e Samuel Costa (PCdoB). As cenas são impressionantes. Acabou numa delegacia de polícia. Humor à parte, Samuel Costa já está cansado de explicar que não vendeu o mandato dele, até porque nem eleito foi. É lamentável que a candidata cassolista não tenha projetos para apresentar, preferindo requentar fake news. Por isso ela está caindo nas pesquisas.

Vacinar é importante

O Mais RO publicou uma notícia que assusta. Mais de 80% das crianças de Rondônia não foram vacinadas contra a paralisia infantil (poliomielite). Em Porto Velho, só 13%. Estarrecedor. A paralisia infantil, como o nome já diz, deixa a criança sem poder andar pro resto da vida.

Pesquisa Ibope

A próxima pesquisa do Ibope será divulgada até quarta-feira, 11 de novembro. Os nervos dos candidatos à flor da pele. Hildon Chaves (PSDB) precisa se distanciar do segundo colocado Vinícius Miguel (Cidadania), que por sua vez, precisa se distanciar dos terceiros colocados. HC deve apostar a última ficha na reabertura da praça da EFMM que não está pronta, mas já dá para ver a dimensão do que será. Vinícius Miguel está percorrendo todos os bairros, distritos e vilas de Porto Velho. O jovem candidato ficou estafado essa semana de uma tal maneira que não teve condições para participar do debate na SICTV. Mas, ele garante que vai estar no dia 12, na sede da Sapiens (Objetivo), no último promovido pelo site Rondoniaovivo.

Tucano bolsonarista

O Globo revela que Hildon Chaves (PSDB) prefere Bolsonaro (sem partido) ao Dória, que é do próprio partido. “Em Porto Velho (RO), um candidato tucano bolsonarista lidera a disputa pela prefeitura. Segundo a pesquisa mais recente divulgada pelo Ibope, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) aparece com 30% das intenções de voto. O segundo colocado, Vinícius Miguel (Cidadania), tem 16%. Em 2018, a onda bolsonarista varreu o estado e elegeu o até então pouco conhecido coronel Marcos Rocha (PSL) governador do estado. Dois anos depois, o governo Bolsonaro é avaliado por 50% dos eleitores da cidade como ótimo ou bom. Ciente do apoio que o presidente tem na capital, Hildon Rocha elogia Bolsonaro e diz que, se a eleição fosse hoje, escolheria o presidente ao governador de São Paulo, João Doria, que é do seu próprio partido.— Se as eleições fossem hoje, eu ficaria com Bolsonaro. Principalmente pela ressaca da pandemia, pois não sabemos o que vem por aí. Se tivesse que escolher (entre Bolsonaro ou Doria), eu acredito na permanência de quem já está no cargo — afirmou o candidato”. Extraído de O Globo.

Dabson Bueno

Esse candidato está surpreendendo e alavancando a candidatura de Pimentel (MDB), à prefeitura de Porto Velho. Dabson Bueno (15.100), é o candidato a vereador que tem apresentado projetos interessantes para a população. A coluna vai gastar um espaço maior com ele, pois é de utilidade pública:

Bosco da Federal

E enquanto aguarda o deferimento quase certo da candidatura, Bosco da Federal (PTB)  segue firma rumo à Câmara Municipal de Porto Velho. Bosco foi candidato a senador em 2018 e obteve 18 mil votos. A maior parte dos votos em Porto Velho. Essa é uma marca importante. “Graças a Deus, a quem sempre recorro, sou bastante conhecido na região, e sempre me coloquei à disposição de servir. Hoje, verdadeiramente sinto que chegou a hora! Nosso grupo é forte e tem muita gente engajada em me auxiliar no combate à corrupção. Me inspiro muito em Abraham Lincoln, que demonstrou a importância da persistência, e quando o povo lhe deu uma oportunidade (depois de 30 anos concorrendo) ele foi um dos principais Presidentes dos Estados Unidos, hoje eternizado na nota de cinco dólares. No meio de tanto corrupção, o nome de pessoas corretas e simples vem crescendo, e percebo que me somo a estes benfeitores, com humildade, pois sei que tenho muito que aprender e sozinho não sou capaz de muita coisa, mas junto com você eu posso sim chegar lá! O que eu peço é que você se junte a estas mais de 18 mil pessoas que votaram em mim, e que me dê também o seu voto de confiança! O seu voto de confiança refletindo na urna, com os números 14567, é a hora de você se somar a este trabalho! Vamos juntos legislar bem! Vamos juntos fazer o que é preciso! Chegou a hora! Bosco da Federal! 14567!”.

Nomes de candidatos vereador Porto Velho

A coluna informa o nome de alguns bons candidatos a vereadores de Porto Velho: Dabson Bueno (MDB), Barbosinha (PL), Joelson (PCdoB), Tiago Lins (Cidadania), Cris Cézar (PSD), Bosco da Federal (PTB), Anísio Gorayeb (PSB), Arnaldo Buiú (PSD), Arimar Sá (Republicanos), Antônio Sávio (PDT), Cliver Heron (PV), Daiana Huff (MDB), Dr. Samir Coimbra (Avante), Luciana Oliveira (PT), Hérika Fontenele (PL), Fernando do Sintero (PT), Francimar Simão (PT), Geraldo Lima (PT), Giovana Barros (PT), Itamar (PT), Itamar Gurgel (DEM), José Ironildo (PT), Moisés Ribeiro (PT), Professor Garivaldo (PT), Raimundo Nonato da CUT (PT), Ricca San (PT), Renata Evans (Cidadania), Silvia Sadeck Soares (Republicanos), William Homem do Tempo (Podemos), Rosa Negra (PT), Paula Vlasak (PT), Chicão Santos (PSB), Chiquinho do Sintax (Avante), Marisa Amorim (PL).

 Nova Mamoré

O município de Nova Mamoré está prestes de eleger o prefeito que vai mudar a cara da cidade e melhorar o astral da população. Líder nas pesquisas, Dr. Welison (PDT), deverá mesmo substituir o atual Professor Claudionor (PDT), que fez muito por Nova Mamoré. A convite, o colunista assistiu a uma das lives do candidato e ficou impressionado com a desenvoltura, inteligência e capacidade de Dr. Welison. E mais, ele tem como vice o Tamaninho, que parece ser a alma gêmea do futuro prefeito, em se tratando de conhecimento e capacidade. Ambos tocam como uma orquestra, afinados. Parabéns, Nova Mamoré.

Mini carreata

Os candidatos do PT de Porto Velho, realizam mini carreata hoje, sábado, lá pela zona sul. A candidata a vereadora Luciana Oliveira (13.444), está lá, com a equipe dela e simpatizantes. Ramon Cujuí, o candidato a prefeito mais preparado do pleito, puxa a carreata. Ainda dá tempo de pegar a turma do PT. A ex-senadora Fátima Cleide também está lá agitando a bandeira vermelha.

Te olha no espelho, direita

A direita brasileira vive espalhando fake news contra a esquerda. Por exemplo, vive dizendo que a esquerda é a favor do aborto, da liberação da maconha e até do estupro culposo. Só que não. Os maiores maconheiros são os filhinhos de papai, da direita. Quem mais deflora virgens e engravida menores são os filhinhos de papai que optam sempre pelo aborto. E, os que mais estupram são os playboyzinhos que sempre se safam porque tem dinheiro para pagar advogados e até juízes. Mas é a esquerda quem paga o pato. Vi recentemente um vídeo onde o pastor deputado federal Abílio Santana (PL-BA), dizendo para não votar em candidatos do PT, PCdoB e PSOL por estes motivos acima elencados. Mas esse dito pastor deputado federal, passou o pano para a deputada federal Flor Que Não se Cheire de Lis (PSD-RJ), que mandou matar o próprio marido e transava com os filhos adotivos. E pior, gente. Abílio Santana, embora casado,  teve um caso com uma secretaria dele e desse caso extraconjugal teve uma filha. Ele paga pensão, mas não registrou. A amante dele, Letícia Mariane afirma que o pastor sugeriu um aborto. “É muita hipocrisia ele postar em redes sociais que é a favor de família”, disse na ocasião. “Ele é Pastor Presidente da Assembleia de Deus de Salvador, mas viaja o mundo fazendo palestras e cultos. Quando ele vinha para São Paulo eu que o acompanhava. Tivemos um relacionamento amoroso, mas nunca soube que ele era casado. Na minha cabeça nunca passou que um pastor iria ter uma amante”. Pois está aí o defensor da família tradicional brasileira. Esse povo que fica falando em “Deus acima de todos”, pode desconfiar. Quer saber mais sobre esse caso, clica aqui.

(*) Roberto Kuppê é jornalista e articulista político

Facebook Comments