Combate ao trabalho infantil e ao abuso sexual contra crianças e adolescentes foi o tema da blitz

Combate ao trabalho infantil e ao abuso sexual contra crianças e adolescentes foi o tema da blitz
Combate ao trabalho infantil e ao abuso sexual contra crianças e adolescentes foi o tema da blitz

Motoristas de Porto Velho foram  parados ontem, na blitz da solidariedade, encabeçada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT),  Ministério do Trabalho e Emprego (MTE),  Polícia Rodoviária Federal e Governo  de Rondônia.  A ação faz parte do combate ao trabalho infantil, ao abuso sexual contra crianças e adolescentes, além do incentivo de doação de sangue, no período de carnaval.

Os blocos carnavalescos de Rondônia foram convocados para que juntos participassem das ações para combater a exploração sexual comercial e do trabalho de crianças e adolescente, durante os dias de folia.  É o caso da ‘Banda do Vai Quem Quer’, que está participando de forma ativa dessas ações sociais, como a convocação dos foliões para doação de sangue, divulgação do disque 100, além do combate a exploração de trabalho infantil.

“Temos que garantir os direitos fundamentais. Já tivemos um grande avanço, mas Rondônia ainda ocupa os primeiros lugares no ranking nacional quando o assunto é exploração de crianças e adolescentes. São direitos violados e estamos intensificando parcerias, para que todos atuem com firmeza nas ações de prevenção e enfrentamento do problema”, comenta o procurador-chefe do MPT em Rondônia e Acre, Marcos Cutrim.

Fonte
Texto: Lú Braga
Fotos: Bruno Corsino
Decom – Governo de Rondônia

Facebook Comments