sexta-feira, maio 27, 2022
InícioBrasilVestibular: quais são as dicas mais importantes para se sair bem na...

Vestibular: quais são as dicas mais importantes para se sair bem na prova de redação?

Com o retorno das atividades presenciais em, essencialmente, toda a sociedade, desde os setores comerciais, de lazer e o turismo, mas até a educação. No nível de ensino superior as aulas e atividades presenciais estão retornando gradativamente este ano.

Juntamente a isso, os vestibulares também tendem a se normalizar pela primeira vez depois de dois anos, em questões de cronograma e datas para realização de provas.

Assim, é essencial repaginar seus conceitos sobre o vestibular, compreender um pouco mais o padrão da prova que será realizada e, certamente, dominar na prova de redação.

Este último ponto é especialmente importante, visto que a redação costuma representar uma grande parte da nota final do inscrito, sendo que o domínio de textos dissertativos-argumentativos de uma redação dissertativa-argumentativa é a chave.

No entanto, a redação também pode ser uma das partes mais difíceis da prova para grande parte dos alunos. Isso ocorre pois o português traz consigo diversas regras de escrita, estrutura e modelo para fazer um texto dissertativo-expositivo com excelência.

Mas como exatamente desenvolver uma dissertação argumentativa pronta que possa lhe colocar entre os melhores colocados em concurso de vestibular? Há algum passo-a-passo para se seguir nesta situação?

A boa notícia é que seguindo uma sequência de passos no estudo, na leitura e na escrita é possível que se desenvolva um excelente texto baseado em um exemplo de texto argumentativo-dissertativo para estudar.

Ler e saber o que anda acontecendo no mundo

Muito além do domínio teórico sobre as normas da língua portuguesa e sobre a estrutura específica que é exigida no desenvolvimento de uma dissertação argumentativa, o inscrito deve estar inteirado em temas atuais que possam eventualmente cair na prova.

Não adianta nada escrever de maneira exemplar, mas sendo acompanhado de uma falta de conhecimento informacional no tema. 

Para desenvolver uma redação de qualidade é necessário que, juntamente com a qualidade técnica e teórica, o inscrito tenha conhecimentos sobre atualidades, política e sobre notícias que ocorrem mundialmente.

Desta maneira fica extremamente mais fácil de se fazer um texto argumentativo, principalmente através do domínio de atualidades e de temas que possam eventualmente aparecer em alguma prova de redação.

Por exemplo, há uma gama de temas atuais que podem aparecer nas redações dos mais variados vestibulares ao final deste ano, como por exemplo:

  • Evasão Escolar
  • Cultura do Cancelamento
  • Limites da Liberdade de Expressão
  • Mobilidade Urbana
  • Bullying e Cyberbullying
  • Violência
  • Uso da Internet
  • Saneamento Básico

Mantenha o radar atento para todos estes temas e para qualquer outro que possa ser relacionado de maneira direta ou indireta com a pandemia de coronavírus que assolou o mundo nestes últimos anos.

Compreender a estrutura de uma dissertação

Como vimos juntos, de nada adianta saber escrever de maneira impecável e não ter um repertório de conhecimentos que possam cair na prova, principalmente voltado para as atualidades e para a política.

No entanto, também não adianta saber exatamente o que está acontecendo no mundo sem ter a menor ideia de como se desenvolver uma dissertação. O sucesso na prova de redação está na junção destes dois universos.

Primeiramente é necessário entender que uma dissertação-argumentativa é pautada em três parágrafos, principalmente: a introdução, o desenvolvimento e a conclusão.

Ao compreender o que deve ser inserido em cada um destes parágrafos e quais informações devem ser posicionadas em qual seção da dissertação, a chance de se desenvolver uma redação de excelência se torna enorme.

Isso porque os maiores erros cometidos por alunos na prova de vestibular são sempre relacionados à estrutura da prova como um todo, através do posicionamento de dados e informações em seções não adequadas.

Há, assim como dito acima, três parágrafos claramente definidos em uma dissertação: a introdução, o desenvolvimento de sua ideia e por fim a conclusão de seu posicionamento. Logo, cada uma destas seções possui uma função específica em um texto.

Introdução e a apresentação de uma ideia

Como o próprio nome desta seção diz, aqui é onde a ideia de quem escreve a redação deve ser apresentada, através de contextualizações, citações e outros artifícios. Porém, é importantíssimo não trazer sua argumentação neste ponto.

Aqui cabe apenas uma breve introdução daquilo que será apresentado, geralmente explicando a importância e relevância do por quê se discutir o tema em questão.

A argumentação no parágrafo de desenvolvimento

Quando falamos de dados e de argumentos para sustentar uma determinada posição ou visão de mundo, estamos falando exatamente do parágrafo de desenvolvimento, que vem logo na sequência do parágrafo de introdução.

Neste ponto é necessário que o inscrito sustente seu ponto de vista de maneira coesa e coerente, através da apresentação de dados, teses, trabalhos e outro tipo de material que possa comprovar seu ponto de vista, como notícias, por exemplo.

Concluindo seu raciocínio

Por fim, temos o último parágrafo, o parágrafo de conclusão, onde o inscrito deve apenas amarrar sua ideia principal com os dados apresentados, concluindo seu ponto de vista e seu posicionamento.

Aqui cabe o uso de conjunções como: 

  • Portanto
  • Então
  • Com isso
  • Desta Maneira
  • Consequentemente
  • Logo


Sendo assim e tendo uma grande bagagem de conhecimentos relativos às atualidades, é possível que o desenvolvimento da redação seja excelente e não aquele bicho-de-sete-cabeças que muitos pintam, podendo garantir o sucesso do inscrito.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments