raupp2(Brasília, 26/03/14) O senador Valdir Raupp  e a deputada federal Marinha Raupp afirmaram que  a transposição dos servidores  do ex-território federal de Rondônia para os quadros da União terá  maior agilidade após a audiência da manhã desta quarta-feira(26) entre os membros da bancada federal, o governador Confúcio Moura e o presidente do Sintero, Manuel Rodrigues,que participou como observador.

A audiência ocorreu no Palácio do Planalto e contou com as presenças dos ministros da Casa Civil,. Aloísio Mercadante; do Planejamento, Mirim Belchior e da Advocacia Geral da União(AGU), Luiz Adams.

Para o senador Raupp,  a audiência foi uma das melhores  em comparação com as que já ocorreram, em Brasília. “Conseguimos ouvir dos ministros presentes que  até  abril, os 32 servidores  já estarão na folha de pagamento da União no mês de abril;  outros 500 servidores estão praticamente aptos ao enquadramento e que até o final de maio, cerca de 1.200 processos que foram devolvidos a Rondônia para reanálise serão transpostos, disse o senador.

A surpresa, revelou Raupp,   foi a informação de que aproximadamente 6.600 processos serão enviados ao Tribunal de Contas da União(TCU) para análise e que após o relatório do TCU, os processos serão analisados pela Comissão Interministerial, o mais depressa possível.

Raupp adiantou que vai trabalhar junto ao TCU para  que o relatório  sobre os processos dos servidores seja concluído em um curto espaço de tempo.

Para a deputada federal  Marinha Raupp, a transposição  ganha mais agilidade a partir de  agora, e que a audiência de hoje foi de suma importância para os servidores e os demais agentes envolvidos neste processo.

A deputada lembrou a unidade da bancada federal em torno da transposição, especialmente, nesta etapa final. A bancada sempre esteve unida e agora a união em torno do tema só dar mais agilidade ao processo da transposição, disse.

A deputada Marinha também afirmou que outras reuniões ocorrerão esta semana  no Ministério do Planejamento e que vai trabalhar para que o TCU acelere o relatório em torno dos processos dos servidores que foram encaminhados ao referido órgão federal.

Facebook Comments