O candidato a vereador Alisson Carreiro abriu a palavra garantindo que faz parte de uma parcela de candidatos que representam o novo. Citou sua biografia, falou de seus objetivos e do papel do vereador.


Na foto Edgar do Boi, Alisson do Sandubas, Hildon Chaves e Lindomar Carreiro

O candidato a prefeito pela coligação ‘Juntos por um Porto Velho Melhor’, PSDB/PSDC, ex-promotor Hildon Chaves (PSDB), seu vice Edgar do Boi (PSDC) e o candidato a vereador Alisson do Sandubas (PSDB), se reuniram com trabalhadores da área de transporte de combustíveis em balsas da empresa Passarão em Porto Velho, onde explanaram suas propostas políticas.

Alisson do Sandubas quer propor estágios para acadêmicos na administração municipal

O candidato a vereador Alisson Carreiro abriu a palavra garantindo que faz parte de uma parcela de candidatos que representam o novo. Citou sua biografia, falou de seus objetivos e do papel do vereador.

“Agradeço a gerente Marilele que abriu espaço para que possamos falar de nossas propostas políticas e destaco que o eleitor tem a oportunidade mais uma vez de fazer a diferença e tirar os maus políticos e eleger os nomes que tenham um perfil voltado a seriedade, capacitado, ficha limpa, enfim, todas as qualidades que um cidadão tem para ser representante da sua comunidade. Tenho 29 anos, estou cursando minha segunda faculdade, conclui Direito e estou fazendo agora Arquitetura.

Trabalho numa empresa familiar, o Sandubas Lanches, que já tem sua segunda unidade, a matriz fica na Campos Sales e a filial fica em frente do Porto Velho Shopping, na qual gerenciava até sair candidato. Sou casado com Pâmela Carreiro, sou cristão, membro da Igreja Metodista Wesleyana. Pretendo ser um vereador de resultados e acredito que posso exercer um mandato produtivo, sendo de fato legislador e fiscalizador, que é o papel do vereador”.


Alisson explanou suas ideias e falou da importância da cidade eleger o seu candidato a prefeito Hildon Chaves

Já o candidato a prefeito pelo PSDB, agradeceu a oportunidade e se apresentou contando  sua história de vida, onde aos 23 anos passou no concurso de promotor de justiça, sendo o mais jovem do Brasil na época.

“ Trabalhei 22 anos com seriedade e prazer no Ministério Público, onde não tem nada que desabone minha ficha. Dediquei metade da minha vida servindo a justiça e agora encaro mais um desafio: ser prefeito de Porto Velho. Sei que não é fácil, não sou conhecido do meio político, mas acredito que se o povo deseja e quer mudança esta é à hora certa. Todos nós estamos revoltados com esta política corrupta que impera em nosso país, e na nossa cidade não é diferente.

Quando recebi a missão de ser o pré-candidato pelo PSDB para disputar a prefeitura com todo apoio da Mariana Carvalho, não medi esforços para está disponível ao partido e hoje ao eleitorado, como candidato a prefeito. Porto Velho precisa de um prefeito que respeita a sua população, que administre com seriedade e capacidade nossa cidade.

É triste ver a falta de gerenciamento.  Pois dinheiro tem, estrutura tem, basta querer e respeitar o voto que teve de cada trabalhador, de cada jovem,  enfim, de cada membro da sociedade.  Porto Velho esta ficando sempre para traz, veja nossas ruas sem iluminação, onde o índice de criminalidade são enormes e iremos administrar Porto Velho de forma responsável e executar um plano de choque de gestão, pois é o único remédio certo para tirar nossa cidade da UTI”.  Defendeu Hildon Chaves.


Hildon Chaves fala de sus metas e de como irá administrar Porto Velho caso eleito

Hildon falou ainda da postura e da capacidade de seu vice. “Edgar do Boi é um engenheiro civil trabalhador, prestou grandes serviços à nossa cidade e ao estado. Será meu grande parceiro nesta empreitada de tirar a capital do ostracismo que se encontra.

O candidato tucano pediu para o eleitor prestar para estas coligações de dezenas de partido.  “Como um prefeito vai administrar uma cidade com mais de dez partidos mandando? Somos três partidos comprometidos em fazer uma política nova e com pessoas capacitadas. Único doador de minha campanha sou eu! Não tenho ramo preso com nenhum doador.  Pego de exemplo minha vida pessoal e empresarial. Sempre em crescimento e sucesso e na prefeitura não será diferente.  Lá não é lugar de brincar de político e com a vida das pessoas”.  Concluiu.


Hildon Chaves respondeu a várias perguntas durante a reunião

Perguntado sobre a falta de iluminação e esgoto, Hildon falou de um projeto que foi muito bem aceito, que é a contratação de PPP. “O crônico problema da falta de iluminação pública em Porto Velho, principalmente nos bairros mais afastados da região central e nos 13 distritos da capital, tende a ser resolvido com a contratação de PPP para o serviço de esgotamento sanitário da capital rondoniense, o atual modelo de execução e manutenção do serviço de iluminação pública, feito de forma direta pela prefeitura, só interessa a quem tem interesse em corrupção. Hildon Chaves diz que para estes, “o grande atrativo são as compras de postes, de cabos, de lâmpadas, etc. São em compras como estas que a corrupção entra e o dinheiro do povo que vive às escuras é desviado”.

Autor: Assessoria

Facebook Comments