site-reune-dicas-e-conteudo-de-estudo-para-auxiliar-estudantes-no-enem

Uma das missões do Colégio Objetivo em Porto Velho sempre foi oportunizar acesso à educação de qualidade para todos os estudantes da cidade, não somente os da instituição. Por isso, anualmente realiza os concursos de bolsas para o ensino regular e curso preparatório com desconto de até 100% nas mensalidades.

Em 2016 a escola iniciou um projeto ainda maior: levar o curso preparatório Objetivo Mais para escolas da rede estadual que não têm programas de pré-vestibular. Em parceria com o Movimento Rondônia pela Educação, a instituição levou o Aulão Mais Enem para diversas escolas e também para o Porto Velho Shopping.

Agora, um mês antes da realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Colégio Objetivo lança o site www.maisenem.com com dicas, e-books e vídeos gratuitos preparados pelos melhores professores de Porto Velho.

De acordo com a assessora pedagógica do Objetivo Mais, Bruna Hernandes, a intenção é disponibilizar material de apoio aos estudantes de qualquer região do Estado ou do país, preparando a base para quem vai fazer a prova do Enem. “Muitos alunos pediam para que os professores disponibilizassem aulas, gravassem mais vídeos e dessem dicas nas redes sociais. Por isso nós compilamos todo esse conteúdo em um único site e esperamos ajudar muitos alunos a alcançar a tão sonhada aprovação”, destaca.

Revisão Mais Enem

No dia 17 de outubro de 2016 o curso preparatório Objetivo Mais iniciou mais uma turma, agora com foco em revisar os conteúdos para o Enem. Bruna destaca que a revisão é o momento em que alunos que já estão estudando há mais tempo relembram os conteúdos vistos no começo do ano. “Quem vai começar a estudar agora também tem a oportunidade de se preparar”, acrescenta.

As inscrições podem ser feitas diretamente pelo site www.maisenem.com. Em caso de dúvidas, ligue (69) 3211-6029 | 99236-1748 ou mande e-mail para cursopreparatorio@meuobjetivo.com.br. O Objetivo Mais está localizado na Rua Paulo Freire, 4767, bairro Flodoaldo Pontes Pinto.

Fonte: assessoria

Facebook Comments