O Governo de Rondônia montou uma vasta programação para celebrar a Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, que vai de 23 de outubro a 3 de novembro deste mês, com várias atividades voltadas para estimular a leitura e o conhecimento, a começar pela reabertura da Biblioteca de Artes implantada na Casa de Cultura Ivan Marrocos, com encerramento na inauguração da Biblioteca Pública Estadual Doutor José Pontes Pinto.

De acordo com a bibliotecária Júlia Cristina Meinhardt Queiroz, diretora da Biblioteca José Pontes Pinto, além de sua reabertura ao público no dia 3 de novembro, como um dos símbolos da cultura local e que já prestou os melhores serviços à comunidade de Porto Velho, a Biblioteca resgata nesta semana seu importante papel de formar e servir a estudantes e pesquisadores científicos, como instituição estadual marcada por uma história de ascensão que, enfim, retoma seu curso para o bem do conhecimento.

A implantação definitiva da Biblioteca de Artes de Rondônia se dará a partir da próxima sexta-feira (23), das 8h às 12h e das 14h às 17h, onde vai receber visitantes – artistas, professores, alunos e a sociedade em geral -, que poderão ter acesso ao acervo e documentos, farta literatura específica (sobre arte), com incentivo para o desenvolvimento e valorização da leitura, além de servir de suporte teórico para estudantes e para toda comunidade artística, que sempre se ressentiu da falta de um espaço desta natureza em Porto Velho, capaz de atender suas necessidades por conhecimento.

Eis que criada em 1994, pelo Decreto n° 6565, de 04 de novembro de 1994, juntamente com a casa de Cultura Ivan Marrocos, a Biblioteca de Artes agora estará de portas abertas no 2° andar (rua Carlos Gomes, 2454, bairro Caiari) para atender a todos e de modo especial aos artistas e às escolas, para garantir a preservação da memória e identidade dos diferentes grupos artísticos da sociedade rondoniense.

PROGRAMAÇÃO

A programação reserva para a semana outras atividades também muito importantes para leitores convencionais e para estudantes, no auxílio às pesquisas científicas que atenderão a um comando mais rápido e seguro com a nova plataforma online de e-books da Biblioteca Virtual da Pontes Pinto, que também será lançada com o objetivo de ampliar seus serviços, no dia 26 de outubro, conforme anuncia a diretora, ao tempo em que convida a comunidade para assistir a uma programação de palestras com temáticas sobre a “Importância da Biblioteca no Ensino e Aprendizagem” e também o “Desafio das Bibliotecas no pós-pandemia”, nos dias 27 e 28.

Complementada com um conjunto literário de valor, com livros e publicações especializadas, o acervo da biblioteca possui obras voltadas para a arquitetura, artes visuais, artes cênicas, teatro, música, cinema, literatura, fotografia, arte pop, entre outras linguagens artísticas, que estarão à disposição de toda comunidade obedecendo a uma programação que começa às 10h do dia 23 e fecha as 19h do dia 29, com palestras de Simone Catarina Bitencourt, presidente da Fundação Cultura (Funcer), a bibliotecária e diretora Júlia Cristina Meinhardt, dos professores Miriã Santana Veiga, Alécio Valois Pereira de Araújo e Marcos Leandro Freitas Hubner.

Na sua história, atendendo a um movimento nacional, a Semana Nacional do Livro foi criada pelo Decreto n° 84.631, de 09 de abril de 1980, com o objetivo de incentivar a leitura e a construção do conhecimento através da difusão do livro, da informação e do acesso a diversas formas de manifestações artísticas e culturais. Em Porto Velho, com esta missão da Semana Nacional, a Biblioteca de Artes se destaca por sua localização numa área privilegiada, entre escolas de grande público, a quem se destina prioritariamente, mas aberta a todos, estudantes, artistas e público em geral.

Fonte: Secom

Facebook Comments