Samuel Costa: os três são inimigos de PVH

PORTO VELHO- A pouco mais de duas semanas para o pleito eleitoral, o candidato à prefeito de Porto Velho Samuel Costa (PCdoB) sobe o tom nas críticas aos adversários. Com apenas 1% no Ibope, Samuel Costa reafirma seu compromisso em valorizar e dar melhores condições de trabalho aos servidores públicos municipais.

O jovem candidato teceu fortes críticas aos três candidatos de direita que disputam o processo eleitoral, durante entrevistas em emissoras de Rádio e TV, não medindo palavras para delatar os desmandos e a leniência orquestrados por Hildon Chaves (PSDB), Cristiane Lopes (PROGRESSISTAS) e Breno Mendes (AVANTE).

Em um passado não muito distante, Hildon Chaves com ajuda de Breno Mendes que era chefe de gabinete do atual prefeito encaminharam à Câmara Municipal de Porto Velho um pacote de maldades e perversidades ao servidor público do município de Porto Velho, retirando o quinquênio, direito este principal incentivo que o servidor possui para permanecer no serviço público, que a cada cinco anos, visando corrigir a inflação, recebem o benefício de 10% acima do vencimento base. Breno Mendes se auto intitula candidato de Bolsonaro.

Por outro lado, a candidata Cristiane Lopes, que é do partido do Ivo Cassol, gastou quase meio milhão de reais, a título de verba indenizatória, para pagamento de assessoria jurídica em seu gabinete e, mesmo assim, votou pela retirada do direito dos trabalhadores.

“É espantoso ver que, no dia do servidor público, os três candidatos tem a audácia de afirmarem que irão fazer a defesa do trabalhador. Essas falácias advindas desses candidatos não condizem com os fatos, pois, na primeira oportunidade, apunhalaram os trabalhadores e trabalhadoras covardemente”, afirma Samuel Costa.

Em sabatina ao programa Fala Rondônia, transmitido pela SGC, filiada à Rede TV, Samuel Costa reafirmou seu compromisso em defender e valorizar o servidor público municipal. A sabatina foi realizada pelos
Jornalistas Adão Gomes e Janaina Brito. Assistam ao trecho:

https://www.facebook.com/2541990972688742/posts/2960842984136870/?vh=e&d=n

Fonte: assessoria

Facebook Comments