RONDONIENSE 2018 – “Primeira meta é ficar entre os quatro”, destaca Tinho Damasceno

Foto: Tinho Damasceno/Arquivo Pessoal

O Guajará Esporte Clube está trabalhando nos bastidores para formar uma equipe competitiva para a disputa do Campeonato Rondoniense 2018. Em conversa com o Futebol do Norte, o técnico Tinho Damasceno acredita que a mescla de jogadores de fora e da casa pode fazer com que o Glorioso volte a figurar entre as primeiras colocações na competição.

“Nós vamos trazer 12 jogadores de fora e o restante será completado com jogadores da casa. Eu gosto muito do estilo de jogo do Tanaka. Ele tem uma qualidade muito grande, observei ele nos treinos ali no Rondoniense. Tem o próprio irmão dele que tem uma dinâmica de jogo muito boa. Tem o Júnior que é um jogador que já atuou na base e já jogou fora do estado e está voltando para nos ajudar. É o que nós esperamos ser uma surpresa muito boa nesse campeonato”, revelou.

Lanterna do Estadual deste ano, o Guajará quer surpreender em 2018. “Nós sabemos que vai ser difícil. O Rondoniense vem forte, o Ji-Paraná tem um técnico que conhece bem o Estadual, o Vilhena é o João Martins que conheço muito bem e o Real Ariquemes que está investindo pesado. A primeira meta é ficar entre os quatro na classificação geral que já seria um grande legado para a cidade. Conseguindo esse objetivo, aí iremos traçar uma nova meta”, destacou.

Tinho Damasceno ressaltou que as dificuldades são imensas, porém o trabalho será recompensado em campo. “Porém nós sabemos fazer futebol, temos uma criatividade legal. Diante disso, os jogadores também acreditam em nós. Acho que estamos conseguindo formar um time forte e competitivo. Sabemos das nossas limitações e também das nossas qualidades. Nesse ano vai ser o Campeonato Rondoniense mais forte dos últimos anos”, finalizou.

O Guajará estreia no Campeonato Rondoniense no dia 12 de fevereiro contra o Genus no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho.

Fonte: Futebol do Norte

Facebook Comments