Daniel Pereira, Cleiton Roque e Jesualdo Pires: PSB unido

PIMENTA BUENO- O ex-prefeito de Porto Velho e presidente estadual do PSB, Mauro Nazif,  deu o tom  ontem, durante encontro do partido com correligionários e pré-candidatos. PSB e PDT estão unidos para o que der e vier. “O PSB não dá margem pra discussão. Os únicos partidos que a gente pode falar que forma uma base de aliados hoje são PDT e PSB”, disse, dirimindo quaisquer dúvidas de que haja uma distensão entre os dois partidos. No entanto, a fala do do presidente do PSB deu margem para duas possibilidades. O senador Acir Gurgacz (PDT) ou o governador Daniel Pereira (PSB) será o candidato da aliança.  “Se Daniel for candidato ele vai tirar o boné dele do guarda-roupa e fazer campanha. Se Acir for, também”, disse Nazif. Portanto, a frente PSB/PDT trabalha também com a possibilidade de Daniel Pereira disputar a reeleição.

É evidente que uma pré-candidatura de Daniel Pereira à reeleição está ganhando força de forma natural dentro do PSB. Pereira tem a simpatia dos sindicatos, dos movimentos sociais e sua inclinação á esquerda tem atraído partidos progressistas. Além disso, ele conta com a simpatia dos servidores públicos também. Como se diz no linguajar popular, Daniel está com a faca e o queijo nas mãos. Outro fator importante é que não está enfrentando processo e a ficha está limpa, pré-requisito essencial para o registro de uma candidatura.

Mais uma leitura do encontro de ontem, em Pimenta Bueno. A presença do MDB nesta aliança não seria bem vinda. Mauro Nazif teria se queixado do partido do ex-governador Confúcio Moura e pediu a Daniel Pereira que olhasse mais para a base do PSB, que foi às ruas pedir votos.

 

Facebook Comments