Prefeitura e DNIT tratam sobre rodovias federais em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho está em tratativas com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), com objetivo de renovar o termo de parceria que permite a continuidade dos trabalhos de iluminação pública, entre outras ações, no perímetro urbano das rodovias 364 e 319.

Nesse sentido, por determinação do prefeito Hildon Chaves, o adjunto da Secretaria-Geral de Governo, Devanildo Santana, o presidente da Empresa de Desenvolvimento Urbano (Emdur), Thiago Tezzari e o secretário municipal de Infraestrutura Urbana e Serviços Básicos (Semisb), Diego Lage, entre outros representantes do município, se reuniram na tarde de quarta-feira (23), com o superintendente substituto do DNIT em Porto Velho, Arlei Liberato, na sede do órgão federal.

“Ficou resolvido que a Prefeitura de Porto Velho vai fazer a minuta do termo de cooperação, renovando as nossas responsabilidades sobre iluminação pública nas rodovias federais que cruzam o perímetro urbano da cidade. Essa minuta vai tramitar dentro do DNIT e, após assinado o termo, nós teremos a oportunidade de voltar a intervir nessas regiões”, disse Tezzari.

Liberato, por sua vez, declarou que o DNIT fica responsável para analisar os projetos e disponibilizou técnicos para auxiliar. “Por se tratar de uma rodovia federal, existem alguns padrões, algumas normas a serem atendidas. Essa iniciativa da prefeitura é muito importante para a cidade e o DNIT se coloca a disposição com o seu corpo técnico para orientar na elaboração do projeto e na execução também da obra, se necessário”, afirmou.

Tezzari acrescenta que o termo de parceria é um instrumento jurídico que autoriza a prefeitura iluminar o elevado do Trevo do Roque, a passagem inferior da rua Prudente de Moraes, a BR-364 até o Campus Unir, avenidas Jorge Teixeira, Imigrantes e ponte sobre o Rio Madeira.

Passarelas

Devanildo Santana agradeceu ao superintendente em nome do prefeito Hildon Chaves e aproveitou para solicitar informações sobre os projetos para a construção de seis passarelas na BR-364, no trecho entre o elevado da avenida Jatuarana e o Hospital de Amor da Amazônia.

“As passarelas o DNIT vai construir, é um projeto do DNIT. Elas estão em processo de aprovação com a supervisora. Já houve um parecer que foi entregue hoje e nós vamos entregar para revisão da empresa executora”, declarou Liberato.

Santana ainda reforçou o pedido para que o órgão federal realize obras de drenagem e pavimentação na rua da Beira, entre avenida Guaporé e rua Xereu, atrás do Cemetron, único trecho que ainda não foi contemplado.

Fonte: Assessoria

Facebook Comments