Porto Velho mantém vacinação de adolescentes sem comorbidades mesmo após nova orientação do MS

A prefeitura de Porto Velho decidiu manter a vacinação de adolescentes sem comorbidades após o Ministério da Saúde publicar, na noite desta quarta (15), uma nota técnica mudando a regra e orientando a suspensão.

Segundo a administração municipal, a vacinação dos adolescente não será suspensa, “visto que há estoque suficiente para atender a essa faixa etária com ou sem comorbidade.”

Em Porto Velho, a vacina aplicada em adolescentes é a da Pfizer, seguindo orientação do Ministério da Saúde. A única vacina em falta na capital é a Astrazeneca, assim como em outros 10 municípios rondonienses.

Apesar da nota técnica publicada pelo Ministério, o Plano Nacional de Imunização prevê que é de autonomia dos estados e municípios a ordenação do público alvo.

Fonte: G1
Facebook Comments