PORQUE DIRIGIU BÊBADO E MATOU, MOTORISTA É CONDENADO A 12 ANOS DE RECLUSÃO EM PORTO VELHO

MPO Ministério Público de Rondônia obteve junto a 1ª Vara do Tribunal do Júri, da Comarca de Porto Velho,  a condenação do motorista Vlamir Jose Jesus de Paula a 12 anos de reclusão, por ter matado uma pessoa e ferido outras duas em um acidente de trânsito na Capital, ocorrido em 2012. O Conselho de Sentença acatou a tese do MP de que o réu assumiu o risco de matar (dolo eventual), quando dirigiu seu veículo sob influência de bebida alcoólica. A pena foi imposta após sessão de julgamento ocorrida  quarta-feira, 22 de outubro de 2014. Cabe recurso.

Para os jurados, o réu cometeu o crime de homicídio qualificado por dolo eventual. A tese de desclassificação para homicídio culposo por imprudência foi rejeitada pelo Conselho de Sentença. Na decisão, proferida pelo Juízo, ficou consignado que o réu tinha pleno conhecimento da ilicitude do fato.

 

Morte e feridos

Segundo consta nos autos, no dia 6 de abril de 2012, na BR 364, zona urbana da capital, o réu, assumindo o risco de produzir o resultado sob influência de bebida alcoólica, conduzindo o veículo automotor abalroou um outro carro causando a morte de uma pessoa e lesões corporais em outras duas.

De acordo com o apurado, o acidente ocorreu na capital, por volta das 19 horas, quando o réu, beber na casa de um amigo, retornava para sua casa em companhia do seu filho. Vlamir, conforme foi apurado, estaria em alta velocidade quando perdeu o controle do veículo e atingiu o carro em que estavam as vítimas.

 

Estatística

Segundo dados do Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos – CEBELA, o número de óbitos por acidentes de trânsito na população de Rondônia cresceu 78,7%, no período de 2001 a 2011.

 

Processo nº 0003959-25.2012.8.22.0501

 

Assessoria de Comunicação Institucional

 

Facebook Comments