Cinco pessoas foram presas durante fiscalização da Polícia Federal (PF) e Fundação Nacional do Índio (Funai) na Terra Indígena Igarapé Lourdes, próxima a Ji-Paraná (RO). Ação aconteceu na última sexta-feira (7).

Segundo a PF, os agentes investigavam desmatamento e exploração ilegal de madeira na região, e tentavam identificar suspeitos de envolvimento em crimes ambientais.

Durante fiscalização os policiais flagraram os cinco suspeitos ao lado de um trator e na posse de 5 motosserras, que seriam usadas no desmatamento.

Eles foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal em Ji-Paraná e responderão pelo crime de extração ilegal de madeira.

Na sequência serão encaminhados ao presídio local onde permanecerão a disposição da justiça.

Desmatamento na Amazônia

Pasto após queimada em Rondônia — Foto: Fábio Tito/G1

Pasto após queimada em Rondônia — Foto: Fábio Tito/G1

O total de áreas sob alerta de desmatamento na Amazônia bateu recorde em janeiro de 2020. De acordo com os dados do Sistema de Detecção em Tempo Real (Deter-B), do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe), foram emitidos alertas para 284,27 km² de floresta – maior índice para o mês desde que começou a série histórica, em 2016.

Se comparado com os dados de janeiro de 2019, quando os alertas somaram 136,21 km², houve um aumento de 108%. O número mantém a tendência já verificada de aumento no desmate: no ano passado, os alertas subiram 85% na comparação com 2018.

Fonte: G1

Facebook Comments