Pedido de impeachment do governador de Rondônia, Marcos Rocha, é arquivado na Assembleia

0
155

Os membros da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa de Rondônia rejeitaram e arquivaram por unanimidade o pedido de impeachment do governador Marcos Rocha.A votação aconteceu na tarde de terça-feira, 13 durante sessão da CCJ, presidida pelo deputado Adelino Follador, tendo como relator o deputado Lebrão.

Foram seis votos a favor pelo arquivamento do pedido em caráter terminativo.

Coube ao deputado Lebrão a relatoria, emitindo um parecer rejeitando a denúncia, uma vez que segundo ele, o governador submeteu posteriormente seus dirigentes, que foram sabatinados pela Assembleia Legislativa. Votaram
com o relator os deputados Anderson Pereira, Jair Montes, Ismael Crispin, Jean Oliveira e Adelino Follador. Com a rejeição, a matéria foi arquivada.

A solicitação do afastamento do governador foi protocolizada na Assembleia Legislativa em abril deste ano pelo advogado Caetano Neto, onde acusava o chefe do Poder Executivo pelo crime de responsabilidade e desrespeito para com os deputados estaduais ao nomear presidentes e diretores de autarquias e fundações no governo do estado sem a aprovação dos parlamentares.

Após o arquivamento do pedido de impeachment, em sessão plenária, o presidente da Assembleia Legislativa Laerte Gomes defendeu que o governador Marcos Rocha não agiu de má fé, e sim um equívoco que foi corrigido, com a exoneração dos nomeados, sendo posteriormente sabatinados e aprovados em dois dias pelos deputados.

Laerte Gomes disse ainda que governo do estado cumpriu seu papel, não havendo motivos para o afastamento do governador Marcos Rocha do cargo.

As nomeações anteriores não causaram danos ao erário público do estado. Com a decisão, o chefe do Poder Executivo vai continuar com o plano de ação para o desenvolvimento de Rondônia.

Fonte: MaisRO

Facebook Comments