A Polícia Civil prendeu na noite de quinta-feira (25) quatro suspeitos de envolvimento na morte do jovem Rubym Hariel Silva Souza, 18 anos, que foi decapitado na noite do último dia 23, no residencial popular Morar Melhor, no bairro Aeroclube, zona Sul de Porto Velho. As informações são do site Hora1Rondonia

Duas equipes da delegacia especializada em crimes contra a vida já estavam investigando os suspeitos e passaram a montar campana. Durante a operação, avistaram o carro, modelo Fox de cor vermelho, saindo do residencial. Os suspeitos pararam em um posto de combustível, localizado na BR-364, em frente da entrada do residencial. Os policiais pediram apoio da PM para fazer a abordagem.

De acordo com as informações, quando os policiais militares do batalhão de choque chegaram no local, os civis já haviam abordado o carro onde estava três homens e uma mulher suspeitos de participação direção na execução do jovem.

A mulher entregou onde estaria o facão e a machadinha que foi usada para cortar a cabeça da vítima. Os policiais se deslocaram até o residencial onde localizaram as armas de baixo de uma escadaria. Os suspeitos foram levados para a delegacia, onde foram ouvidos pela delegada responsável pela investigação.

Facebook Comments