No dia 03 de agosto de 2020, policiais rodoviários federais da Delegacia de Ji-Paraná realizam uma missão de apoio ao Ministério Público do Trabalho (MPT) para identificar e resgatar trabalhadores que eram mantidos em regime de trabalho degradante. A publicidade aos fatos só foi dada após a conclusão de todas as pendências observadas.

Em fiscalização a uma propriedade rural, foi constatado que três homens que trabalhavam no local não recebiam remuneração e viviam em instalações sem condições mínimas de habitação.

No local também foram encontradas 4 armas de fogo, sendo o proprietário encaminhado preso pelo crime de posse ilegal dos equipamentos. O Ministério Público do Trabalho ficou responsável pelo registro das ocorrências relativas às condições de trabalho observadas. Os três homens foram resgatados e permaneceram em um Hotel até a conclusão da situação.

Fonte: Assessoria

Facebook Comments