O prefeito Hildon Chaves esteve, na manhã de quinta-feira (5), na assembleia dos trabalhadores do transporte coletivo, na sede do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Urbano (Sitetuperon), onde apresentou proposta para o repasse de recursos que seriam destinados para a empresa de ônibus.

Diante da situação que os motoristas e trabalhadores do transporte coletivo urbano vem passando nos últimos meses, com a falta do pagamento do salário de dezembro, décimo terceiro salário e salário de janeiro, o prefeito Hildon Chaves se reuniu com os trabalhadores para afirmar que, por meio de um acordo judicial, os recursos que seriam destinados à empresa de transporte urbano agora serão repassados diretamente aos trabalhadores, assim dando fim a situação de descaso a que foram relegados. “O depósito será realizado na conta de cada trabalhador”, assegurou o prefeito.

Acompanhado do procurador-geral adjunto do município,  Salatiel Valverde;  do secretário de Transporte,  Nilton Kisner, e do secretário adjunto da Secretaria Geral de Governo (SGG),  Devanildo Santana, o prefeito esclareceu que,  devido ao não cumprimento das regras por parte da empresa, a Prefeitura,  mesmo não tendo obrigação de efetuar pagamentos em relação ao transporte coletivo,  efetuará o repasse do recurso que seria destinado ao consórcio diretamente para os trabalhadores afetados, algo que deverá acontecer nos próximos dias.

De acordo com a previsão do prefeito, o acordo judicial já começa a passar pelos trâmites burocráticos e deve estar concluído nas próximas semanas.

Também estiveram presentes na assembleia os vereadores Edwilson Negreiros (PSB), presidente da Câmara Municipal;  Da Silva (PSB) e Márcio Pacele (PSB), e a presidência do sindicato dos motoristas.

Fonte: Assessoria

Facebook Comments