Mudança de hábitos estimula aumento da procura por alimentos orgânicos

A preocupação com a alimentação saudável tem feito com que cada vez mais   pessoas optem por produtos orgânicos, aqueles que não recebem nenhum tipo de aditivo químico, como agrotóxicos e fertilizantes, em sua produção. Dados da Associação de Promoção do Orgânicos (Organis) mostram que no ano passado a venda de produtos com essa característica cresceu em 50%, no país.

A nutricionista do Superatacado Nova Era, Ana Patrícia Medeiros, diz que incluir alimentos orgânicos nas refeições significa passar a consumir produtos com mais qualidade, sabor e cor. Além disso, não ingerir resíduos de produtos químicos, ainda que em níveis considerados toleráveis, é um modo de preservar a saúde. “A criação de um cardápio com alimentos orgânicos oferece um alto teor de vitaminas e minerais, o que é ótimo para o organismo”, frisou.

Para saber se um produto é orgânico é preciso ficar atento ao selo de identificação que é concedido pelos órgãos responsáveis, como o Ministério da Agricultura. Em Porto Velho, o Nova Era disponibiliza uma série de produtos orgânicos, como verduras, frutas e legumes. Tudo certificado pela IBD Organis, uma das principais empresas do país, especializada nesse tipo de autorização.

“O desejo de adotar uma alimentação equilibrada tem aumentado muito na população. As pessoas querem viver mais, ter mais saúde e já entenderam que para alcançar esse objetivo um dos pilares é comer corretamente. Isso se reflete diretamente na procura por esse tipo de produto. Nesse contexto, os orgânicos têm um papel muito importante, porque são alimentos cultivados de forma natural e que não representam perigo para a saúde”, ressaltou.

Facebook Comments