Gui também entra no hall das polêmicasDepois do escândalo envolvendo os tweets do cantor MC Biel, outro MC, o Gui, também acabou entrando no hall das polêmicas por conta de uma piada escrita no Twitter no ano de 2012. O texto escrito no perfil verificado de Gui trazia a seguinte mensagem: “Qual a maior tristeza do caçador? R: Ter um filho viado e não poder matar…”. O post foi apagado nesta quinta-feira, 04, pela equipe do cantor. Ainda sobre Gui, de acordo com a jornalista Fabíola Reipert, após realizar um show em São Paulo, o famoso foi alvo de uma grande confusão na casa de espetáculo onde fez a apresentação.

Soco dado durante apresentação em São Paulo

Uma briga generalizada começou, ele tentou afastar um amigo e acabou sendo agredido, empurrado e levou um soco na boca. Segundo a jornalista, ele precisou tomar pontos no rosto. A assessoria de Gui confirma que alguns shows foram cancelados, mas que não há motivos para maiores preocupações. “Ele está bem. Já está com a agenda normal. O machucado foi algo bem superficial do lado interno da boca”, explicaram.

Revolta online

A piada envolvendo o público homossexual gerou revolta nas redes sociais. Algumas pessoas, no entanto, defenderam Gui, lembrando que ele fez isso há anos e era imaturo. Veja alguns dos recados deixados por quem não gostou nadinha do que leu:

“Gente, assim, é ridículo, é? Mas não tem como ficar julgando as pessoas por coisas que ela falaram na pré-adolescência. Não sejamos hipócritas, nós sabemos a sociedade em que vivemos. Há 4 anos atrás até eu, sendo gay, reproduzia discurso homofóbico”, disse um internauta.

“Coloca água no kisuco por que o babado ta cada vez melhor, mais que isso em Brasil vão destruir a carreira de todos funkeiros? não esquecem do guime e da mc larissa”.

“A pessoa que fica caçando esses tuítes de 2011/2012 é um exemplo claro de alguém que não tem exatamente nada pra fazer. Porque haja paciência pra ficar vasculhando tuíte de anos atrás, e faz isso a troco de nada porque não ganha nada…”, escreveu outro.

Facebook Comments