Uma mulher de 39 anos foi presa na noite de sábado (15/02/2020) após queimar a mão da própria filha, de 10, com uma colher de ferro quente. A menina teria furtado R$ 50 de um primo para comprar pulseiras de brinquedo.

O episódio ocorreu em Rio Verde (GO). Após a agressão, a menina ficou com as mãos cheias de bolhas e fugiu para a casa da vizinha, que chamou o Conselho Tutelar.

À Polícia Civil, a mãe da garota confessou o crime e disse que queimou a mão da criança para corrigi-la. “Ela [a mãe] informou que a vítima já havia furtado outras vezes e que ela já não sabia mais o que fazer”, contou o delegado Caio Martines, em entrevista ao portal G1.

Após ser atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a criança foi encaminhada para um abrigo.

Fonte: Metrópoles

 

 

Facebook Comments