Justiça de Rondônia adota multinuvem do Serpro por R$ 22 milhões

0
221

O Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJRO) é o mais novo cliente do Serpro MultiCloud, segundo anunciou a estatal. O TJRO já adota chatbot com inteligência artificial, faz a implantação do Processo Judicial Eletrônico (PJe) do Justiça 4.0 do CNJ. Agora, investe na tecnologia em nuvem para garantir alta performance, agilidade e segurança aos recursos computacionais.

O contrato, por 12 meses, foi firmado por R$ 22,21 milhões. A multinuvem do Serpro inclui uma infraestrutura própria, além de parcerias com AWS, Microsoft Azure, Google, Huawei, IBM e Oracle.

“A adoção do MultiCloud faz parte da nossa estratégia para mitigar riscos associados à dependência de um único provedor de nuvem. Isso inclui riscos técnicos, como downtime e perda de dados, e riscos comerciais, como variações de preço e mudanças nos termos de serviço”, diz o diretor de Tecnologia do TJRO, Reginaldo Gadelha.

“Utilizando múltiplas nuvens, o TJRO pode escolher a melhor plataforma para cada tipo de serviço, otimizando os custos e aproveitando as melhores características e preços de cada fornecedor”, completa.

“Essa é a maior parceria do Serpro MultiCloud na Região Norte e não apenas impulsiona a inovação tecnológica no âmbito Judiciário, mas também reforça a capacidade do tribunal em servir à sociedade com eficiência e eficácia. Uma iniciativa muito importante no fortalecimento da transformação digital e desenvolvimento contínuo da região”, afirma o superintendente de Novos Negócios do Serpro, Thiago Baere.

A solução permite o acesso a um conjunto compartilhado de recursos computacionais configuráveis, independentemente da localização. Opera com múltiplos provedores de serviços em nuvem, reunindo o que cada provedor tem de melhor em um só lugar. Essa abordagem oferece vantagens como escalabilidade, agilidade na instalação de recursos e disponibilidade para atender às necessidades dos clientes.

* Com informações do Serpro